Notícias

Notícias

Bolsas da Ásia fecham em baixa, ignorando rali em NY e à espera de Powell

Por
Agência Brasil

Bolsas da Ásia fecharam em baixa nesta quarta-feira, 22, ignorando um rali em Nova York e à espera de comentários do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), Jerome Powell, em meio a preocupações sobre os efeitos recessivos de aumentos de juros.

Na China continental, o índice acionário Xangai Composto caiu 1,20%, a 3.267,20 pontos, em seu terceiro pregão negativo, enquanto o menos abrangente Shenzhen Composto recuou 1,28%, a 2.119,82 pontos.

Em outras partes da Ásia, o Hang Seng teve queda de 2,56% em Hong Kong, a 21.008,34, pressionado por ações dos setores tecnológico e petrolífero, enquanto o sul-coreano Kospi registrou perda ainda mais expressiva em Seul, de 2,74%, a 2.342,81 pontos, seu menor patamar em 19 meses, e o Taiex caiu 2,42% em Taiwan, a 15.347,75 pontos.

Também pressionado por petrolíferas, o japonês Nikkei apresentou baixa moderada em Tóquio, de 0,37%, a 26.149,55 pontos.

Investidores globais estão na expectativa nesta quarta para um testemunho de Powell no Senado norte-americano, após o Fed promover o maior aumento de juros desde 1994 na semana passada, em nova tentativa de combater a disparada da inflação, reforçando temores de que os EUA possam entrar em recessão.

Na terça, Wall Street vivenciou um rali após perdas recentes, mas índices futuros sugerem que as bolsas de Nova York vão retomar o mau humor nesta quarta.

Preocupações sobre uma possível recessão, não apenas nos EUA mas da economia global como um todo, ajudaram a derrubar os preços do petróleo nesta madrugada.

Segundo a Reuters, há expectativa também de que o presidente norte-americano, Joe Biden, peça nesta quarta a suspensão temporária do imposto federal cobrado sobre a gasolina, com o intuito de reduzir os custos dos combustíveis.

Oceania

Na Oceania, a bolsa australiana voltou para o vermelho nesta quarta, após interromper na terça uma longa sequência de sessões negativas.

O S&P/ASX 200 recuou 0,23% em Sydney, a 6.508,50 pontos.

*Com informações da Dow Jones Newswires