Notícias

Notícias

Bolsas da Ásia fecham em queda; Tóquio tem baixa de 3,01%

Por
Agência Brasil

Os mercados acionários da Ásia registraram quadro negativo, nesta segunda-feira, 13. A Bolsa de Tóquio perdeu pouco mais de 3%, com investidores cautelosos ante a perspectiva de aperto monetário mais agressivo do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), que se reúne nesta semana. Na China o quadro também foi em geral negativo, mas algumas ações ainda conseguiram subir.

Na Bolsa de Tóquio, o índice Nikkei fechou em baixa de 3,01%, em 26.987,44 pontos. O Swissquote comenta que o índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) dos EUA da sexta-feira reforçou apostas de Fed mais agressivo para controlar a inflação. Entre ações em foco na praça japonesa, SMC caiu 7,2%, SoftBank recuou 6,85% e M3, 6,75%.

Na China, a Bolsa de Xangai registrou queda de 0,89%, em 3.255,55 pontos, e a de Shenzhen, de menor abrangência, teve baixa de 0,01%, a 2.085,10 pontos.

Houve ganhos entre ações de montadoras, com a demanda por automóveis apoiada por políticas do governo, mas as incorporadoras exibiram sinal negativo. Great Wall Motor subiu 5,3% e Guangzhou Auto teve alta de 3,9%, enquanto Chongqing Changan Auto avançou 8,9%. Já Poly Developments caiu 4,5%, após registrar queda de 36% em seus contratos em maio, e Gemdale recuou 4,2%.

Apesar do relaxamento recente em alguns lockdowns, ainda há certa cautela no mercado chinês sobre a possibilidade de idas e vindas em medidas do tipo para conter a covid-19.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng registrou queda de 3,39%, para 21.067,58 pontos. Em Taiwan, o índice Taiex caiu 2,36%, a 16.070,98 pontos.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi fechou em baixa de 3,52%, em 2.504,51 pontos, terminando na mínima do dia. A Bolsa de Seul atingiu assim o nível de fechamento mais fraco desde 13 de novembro de 2020, nesta segunda com ações de montadoras, siderúrgicas e de tecnologia entre as quedas.

Há preocupações com o aperto monetário nos Estados Unidos e com greve de motoristas de caminhão sul-coreanos, enquanto investidores estrangeiros e institucionais se desfazem de papéis em Seul. Posco Holdings caiu 3,9%, Hyundai Motor teve baixa de 5,2% e Samsung Electronics, de 2,7%.

Oceania

Na Oceania, a Bolsa de Sydney não operou por causa de feriado na Austrália.

* Com informações da Dow Jones Newswires