Notícias

Notícias

Bolsas da Ásia fecham sem direção única, após decisão de juros do Fed

Por
Agência Brasil

As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta quinta-feira, 16, em meio a esperanças de que o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) seja menos agressivo no aperto de sua política monetária após anunciar na quarta-feira seu maior aumento de juros desde 1994.

O índice acionário japonês Nikkei subiu 0,40% em Tóquio nesta quinta, a 26.431,20 pontos, e o sul-coreano Kospi avançou 0,16% em Seul, a 2.451,41 pontos, enquanto o Hang Seng recuou 2,17% em Hong Kong, a 20.845,43 pontos, e o Taiex caiu 1% em Taiwan, a 15.838,61 pontos.

Na China continental, o Xangai Composto teve queda de 0,61%, a 3.285,38 pontos, mas o menos abrangente Shenzhen Composto garantiu alta de 0,37%, a 2.106,75 pontos.

Na quarta-feira, o Fed elevou seu juro básico em 75 pontos-base, fazendo o maior ajuste na taxa desde 1994, em nova tentativa de combater a inflação persistente nos EUA.

O BC norte-americano sinalizou, porém, que é improvável que elevações da mesma magnitude se tornem comuns, o que acabou favorecendo o fechamento positivo das bolsas de Nova York na quarta-feira.

Oceania

Na Oceania, a bolsa australiana ficou levemente no vermelho nesta quinta, com baixa de 0,15% do S&P/ASX 200 em Sydney, a 6.591,10 pontos.

*Com informações da Dow Jones Newswires