Notícias

Notícias

Bolsas da Europa fecham em alta, apoiadas por balanços, após sessão volátil

Por
Agência Brasil

Os mercados acionários da Europa fecharam em alta, nas máximas do dia em Londres, Milão e Lisboa. Ao longo desta terça-feira, 3, o quadro misto prevaleceu boa parte do tempo, com investidores atentos a balanços corporativos, mas também ao noticiário na guerra entre Rússia e Ucrânia e à perspectiva de aperto monetário.

O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em alta de 0,53%, em 446,20 pontos.

O dia foi de volatilidade nos índices. Alguns balanços agradaram, como o da BP, com o papel da petroleira em Londres terminando com ganho de 5,80%. Também após resultados, BNP Paribas teve alta de 5,15% em Paris.

O setor financeiro em geral se saiu bem, apoiado pela perspectiva de elevações de juros. Nos EUA, há ampla expectativa por isso nesta quarta-feira, na reunião do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), e na Europa o Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) também deve elevar juros, na quinta-feira.

Na agenda de indicadores, o índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) da zona do euro subiu 36,8% em março, na comparação anual, acima do esperado, enquanto a taxa de desemprego caiu a 6,8% no mesmo mês, como esperado.

Já no noticiário geopolítico, a Rússia impôs sanções, retaliando após punições recentes pela guerra na Ucrânia. O presidente russo, Vladimir Putin, disse ao da França, Emmanuel Macron, estar aberto ao diálogo, mas criticou Kiev e a União Europeia

Na Bolsa de Londres, o índice FTSE 100 fechou em alta de 0,22%, em 7.561,33 pontos, na volta de um feriado bancário na segunda-feira. Barclays registrou ganho de 1,89%.

Em Frankfurt, o índice DAX avançou 0,72%, a 14.039,47 pontos. Deutsche Bank foi o destaque, em alta de 4,05%.

Na Bolsa de Paris, o índice CAC 40 subiu 0,79%, a 6.476,18 pontos. Total Energies avançou 3,87% e Credit Agricole, 2,62%.

O índice FTSE MIB, da Bolsa de Milão, fechou com ganho de 1,61%, em 24.242,25 pontos. Intesa Sanpaolo esteve entre os papéis mais negociados, em alta de 1,97%.

Em Madri, o Ibex 35 avançou 1,83%, a 8.590,20 pontos, com Santander subindo 3,01% e BBVA 1,03%.

Na Bolsa de Lisboa, o índice PSI fechou em alta de 0,33%, em 5.883,42 pontos.