Notícias

Notícias

Busca por retornos leva investidores a ações que pagam dividendos em NY

Por
Agência Brasil

Investidores que desejam se proteger da volatilidade nos Estados Unidos estão se voltando a mercados até então em grande medida deixados em segundo plano no ano passado: as ações que pagam dividendos em Nova York. Os papéis de companhias que pagam grandes dividendos superaram praticamente todos os demais investimentos, neste ano.

O fundo ishores Core High Dividend, que acompanha 75 dessas ações, sobe 6,4% neste ano, enquanto o S&P 500 recua 9,8% em 2022. O fundo inclui papéis como ExxonMobil, Johnson & Johnson e Coca-Cola.

O curioso sobre esse rali neste ano é que é o oposto da convenção do mercado em momentos de altas nos juros.

Em geral, dizem os investidores, ações que pagam dividendos se saem pior nesse contexto, já que em geral elas sobem enquanto a economia está crescendo. Nesse momento há outra dinâmica, com as altas de juros subindo rápido não pois os investidores esperam um salto econômico, mas porque a aceleração inflacionária leva o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) a agir rápido para conter os preços, com alguns temendo que o Fed possa inclusive induzir uma recessão.

Isso levou investidores a ações com grandes dividendos, que prometem entregar um fluxo constante de dinheiro no curto prazo.

Além disso, muitas dessas empresas estão em setores como concessionárias, telecomunicações e bens de consumo, que em geral tendem a manter consumidores seja qual for o ambiente econômico. Isso as leva a atrair investidores preocupados com o risco de que o Fed não seja capaz de combater a inflação sem causar desemprego significativo.