Notícias

Notícias

Curva de juros abre em sintonia com avanço dos juros dos Treasuries e dólar

Por
Agência Brasil

A curva de juros tem forte abertura na manhã desta segunda-feira, 13, diante da alta do dólar ante o real, de mais de 1%, e o avanço dos juros dos Treasuries em meio à aversão a risco global diante da perspectiva de aperto monetário mais agressivo pelo Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) na quarta-feira, mas também por outros bancos centrais para controlar a inflação.

Com isso, o rendimento da T-note de 10 anos atingiu máxima desde maio de 2011 nesta manhã.

Às 9h18, a taxa do contrato interfinanceiro (DI) para janeiro de 2027 subia a 12,63%, de 12,49% no ajuste anterior.

O DI para janeiro de 2025 subia a 12,67%, de 12,49%, e o para janeiro de 2024 exibia 13,14%, de 12,99%. O DI para janeiro de 2023 avançava para máxima de 12,440%, de 13,375% no ajuste de sexta-feira.