Notícias

Notícias

DoE: petróleo Brent deve ficar em média em US$ 108 o barril no 2º semestre

Por
Agência Brasil

O Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) dos Estados Unidos projeta que o barril do petróleo tipo Brent seja negociado em média a US$ 108 o barril no segundo semestre de 2022 e recue a US$ 97 o barril em média ao longo de todo o ano de 2023. As informações estão no relatório Perspectiva de Energia de Curto Prazo, publicado nesta terça-feira, 7, mas o DoE adverte que há níveis mais altos de incerteza por uma série de fatores, entre eles a invasão da Rússia na Ucrânia e as sanções subsequentes, decisões da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+) e o ritmo de crescimento na oferta de petróleo e gás natural dos EUA.

Na avaliação o DoE, os estoques de petróleo atualmente estão baixos, o que amplia o potencial para volatilidade nesse mercado. Os preços dependerão ainda de eventuais novas sanções à Rússia, de decisões independentes de empresas que afetam a produção desse país ou da venda do petróleo russo nos mercados globais, diz o departamento.

O DoE projeta que a produção total de combustíveis líquidos da Rússia recuará de 11,3 milhões de barris por dia (bpd) no primeiro trimestre deste ano a 9,3 milhões de bpd no quarto trimestre de 2023. Também prevê que o veto à importação de petróleo russo da União Europeia será efetivado em seis meses e o veto a produtos derivados, em oito meses. As projeções não refletem restrições a seguradoras sobre navios-tanque que levam combustível russo, diz o DoE, argumentando que detalhes sobre essas restrições ainda não estavam disponíveis no início deste mês, quando o relatório era finalizado. “A probabilidade de que essas sanções ou outras potenciais futuras reduzam a produção de petróleo da Rússia acima do esperado cria riscos de alta para os preços de petróleo no horizonte da previsão.”

No documento, o DoE diz ainda esperar que a Opep produza em média 29,2 milhões de bpd de petróleo no segundo semestre deste ano, alta de 800 mil bpd ante o primeiro semestre de 2022.

Em momento de inflação elevada, o DoE aponta que o preço médio da gasolina tipo regular foi negociado em média em US$ 4,44 por galão nos EUA em maio. Para todo o terceiro trimestre, esse valor deve cair a US$ 4,27, acredita, projetando também queda no diesel.