Notícias

Notícias

Juros acompanham alta de taxas em outros países; PIB fica em segundo plano

Por
Agência Brasil

Os juros futuros têm leve alta na manhã desta quinta-feira, 2, influenciados pela abertura da curva de juros em vários países, como o Bund da Alemanha, embora os juros dos Treasuries estejam mais voláteis. O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro do primeiro trimestre está mais em segundo plano e com isso os juros mais curtos operam estáveis.

A economia cresceu 1,0% na margem, abaixo da mediana do Projeções Broadcast, que era positiva em 1,2%.

Às 9h48, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2027 subia a 12,29%, de 12,25% no ajuste de ontem.

O DI para janeiro de 2025 ia para 12,40%, de 12,37%, e o para janeiro de 2024 marcava 12,99%, de 12,97%.

O vencimento para janeiro de 2023 estava estável em 13,410%.