Notícias

Notícias

Juros: taxas voltam a subir em meio a avanço do petróleo e dólar antes de payroll

Por
Agência Brasil

Após as taxas futuras terem subido na quinta-feira, 5, o avanço do petróleo, dos juros dos Treasuries e do dólar amparam a abertura da curva de juros na manhã desta sexta-feira, 6, enquanto investidores aguardam pelo relatório de emprego dos Estados Unidos, o payroll, às 9h30. O viés é de alta nos curtos, apesar do IGP-DI ter mostrado desaceleração em abril, refletindo a preocupação com a inflação em manhã de alta do petróleo de mais de 1%.

Analistas têm mencionado que a defasagem entre os preços internacionais do petróleo e os praticados pela Petrobras pode levar a um reajuste dos combustíveis nas próximas semanas, caso o petróleo siga acelerando acima de US$ 100 o barril. Nesta quinta o presidente Jair Bolsonaro disse que a “Petrobras vai quebrar o País e causar convulsão nacional se subir os combustíveis”.

Às 9h10, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2027 subia a 12,23%, de 12,19% no ajuste de quinta-feira. O DI para janeiro de 2025 subia para 12,38%, de 12,32%, e o para janeiro de 2024 avançava para 12,93%, de 12,88%. Já o vencimento para janeiro de 21023 subia para 13,265%, de 13,239%.