Notícias

Notícias

Ouro fecha em alta, impulsionado por deterioração de perspectivas econômicas

Por
Agência Brasil

O contrato mais líquido do ouro estendeu ganhos nesta quarta-feira, 8. O metal se fortalece com os cortes nas projeções de crescimento econômico global, dizem analistas.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro com entrega prevista para agosto registrou alta 0,24%, a US$ 1.856,50 por onça-troy.

O cenário de incertezas traz notícias positivas para o ouro, diz o analista da Oanda, Edward Moya. Para ele, a revisão para baixo no avanço do Produto Interno Bruto (PIB) global em 2022 pelo Banco Mundial, de 4,1% para 2,9%, era o que o metal precioso precisava para iniciar um rali.

O Commerzbank também nota o apoio pelas perspectivas e atual situação econômica.

Nesta quarta-feira, a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) rebaixou a previsão para o crescimento mundial neste ano, de 4,5% para 3%. No longo prazo, dada sua característica de reserva de valor, o ouro deve se beneficiar dos indicadores, diz o banco alemão.