Notícias

Notícias

Taxas futuras de juros acompanham alta do petróleo e juros dos Treasuries

Por
Agência Brasil

Após caírem na terça-feira, 31, os juros futuros operam em leve alta na manhã desta quarta-feira, dia 1º, em sintonia com o movimento dos juros dos Treasuries e do petróleo.

O mercado monitora declarações do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, que falou mais cedo em evento do BIS. Ele disse que “a inflação está voltando a subir com preocupações climáticas e há risco de sairmos do nosso mandato”. “É melhor o risco de fazer mais e sair um pouco do nosso mandato”, afirmou Campos Neto.

Às 9h36 desta quarta-feira, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2023 estava em 13,400%, de 13,385% no ajuste da véspera. O DI para janeiro de 2024 marcava 12,95%, de 12,88%, e o para janeiro de 2025 estava em 12,32%, de 12,25% no ajuste anterior. O DI para janeiro de 2027 era negociado a 12,17%, de 12,12% no ajuste de terça-feira.