EmpresasNotícias

ArcelorMittal reverte prejuízo e tem lucro líquido de US$ 4,62 bi no 3º trimestre

1 Minutos de leitura
A ArcelorMittal registrou lucro líquido de US$ 4,62 bilhões no terceiro trimestre, seu resultado mais forte desde 2008. Em igual trimestre de 2020, a companhia havia tido prejuízo de US$ 231 milhões. O lucro por ação agora ficou em US$ 4,17 e, após o balanço, o papel da empresa negociado em Londres subia 2,10%.

As vendas do conglomerado industrial multinacional foram de US$ 20,229 bilhões no terceiro trimestre, de US$ 13,266 em igual período de 2020. A receita operacional ficou em US$ 5435 bilhões, de US$ 718 milhões anteriormente.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de US$ 6,058 bilhões, de US$ 901 milhões em igual intervalo de 2020.

A empresa aponta ainda, no balanço, que durante o trimestre aprovou investimentos estratégicos, inclusive para fortalecer negócios no Brasil, com a expansão dos trabalhos na usina de João Monlevade, Minas Gerais, antes em “modo de espera”, bem como para integrar mais verticalmente suas operações no México, com investimentos nas minas de minério de ferro em Las Truchas, em território mexicano, e na brasileira Serra Azul, em Minas Gerais.

Apenas em seus negócios no Brasil, o balanço mostra vendas de US$ 3,606 bilhões no terceiro trimestre, de US$ 1,624 bilhão em igual período de 2020. A receita operacional cresceu a US$ 1,164 bilhão, de US$ 209 milhões anteriormente, e o Ebitda ficou em US$ 1,346 bilhão, de US$ 264 milhões anteriormente.