FinançasNotícias

Bolsas da Europa fecham mistas, com impulso de NY e cautela sobre lockdown

2 Minutos de leitura
As bolsas da Europa fecharam sem sinal único nesta segunda-feira, 22. Os índices acionários do Velho Continente chegaram a operar em alta sincronizada, impulsionados pelo mercado americano, que reagiu bem à indicação de Jerome Powell para um segundo mandato no Federal Reserve (Fed, o banco central americano). No entanto, o DAX e o CAC 40 perderam fôlego e apagaram os ganhos no final da sessão, com a atenção voltada para os lockdowns impostos na região para conter a covid-19.

Nesse cenário, o índice pan-europeu Stoxx 600 caiu 0,13%, a 485,46 pontos. Em Londres, o FTSE 100 avançou 0,44%, a 7.255,46 pontos, enquanto o DAX recuou 0,27%, a 16.115,69 pontos, e o CAC 40 cedeu 0,10% em Paris, a 7.105,00 pontos.

Em foco hoje, a ação da Telecom Italia subiu 30,25% em Milão, após a companhia de investimentos KKR demonstrar interesse em comprar a empresa de telecomunicações, com uma oferta de 10,79 bilhões de euros (US$ 12,17 bilhões). O papel do Julius Baer, por outro lado, caiu 4,78% na Bolsa de Zurique, após o banco suíço afirmar que suas margens encolheram nos primeiros 10 meses do ano.

Na Bolsa de Milão, o FTSE MIB registrou alta de 0,17%, a 27.382,87 pontos. Em Madri, o Ibex 35 avançou 0,78%, a 8.821,30 pontos. O PSI 20, por sua vez, teve ganho de 0,32%, a 5.519,58 pontos, em Lisboa.

Em NY, as bolsas aceleraram ganhos após dados mostrarem que as vendas de moradias usadas nos Estados Unidos subiram 0,8% em outubro ante setembro, o que também impulsionou os índices europeus.

Antes disso, a incerteza sobre o comando do Fed havia se dissipado, o que também sustentou o apetite por risco. Biden anunciou que pretende manter Powell como presidente da autoridade monetária e indicou a economia Lael Brainard para a vice-presidência da instituição.

“Esta notícia ajudou a compensar a negatividade mais ampla que levou o euro a cair de volta para suas baixas recentes, com os protestos na Europa sobre as novas restrições contra a covid-19 agindo como um empecilho inicial mais amplo para o sentimento de risco”, comenta o analista-chefe de mercados da CMC Markets, Michal Hewson.

As bolsas da Europa haviam iniciado o pregão sem direção única, em meio à cautela com a piora da pandemia na região. O lockdown na Áustria começa a valer a partir de hoje, enquanto o governo da Alemanha disse que pode recorrer a medidas similares.

Segundo dados preliminares divulgados hoje pela Comissão Europeia, o índice de confiança do consumidor da zona do euro caiu de -4,8 em outubro para -6,8 em novembro.

*Com informações da Dow Jones Newswires