EconomiaNotícias

CPI da China tem alta anual de 1,5% em outubro; PPI sobe 13,5%

1 Minutos de leitura
O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da China subiu 1,5% em outubro na comparação com o mesmo mês de 2020, informou nesta quarta-feira, 10, o Escritório Nacional de Estatísticas (NBS, na sigla em inglês) do país. O número veio acima do esperado por analistas ouvidos pelo The Wall Street Journal, que previam alta de 1,4%. Em relação ao mês anterior, o CPI avançou 0,7% e acumula alta de 0,7% entre janeiro e outubro deste ano. Na variação anual, o preço de produtos alimentícios caiu 2,4%, enquanto produtos não alimentícios avançaram 2,4%.

PPI

O índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) da China subiu 13,5% em outubro deste ano na comparação com o mesmo mês de 2020, informou o NBS. O índice, que mede a inflação no setor produtivo, veio 1 ponto porcentual acima do previsto por analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que esperavam um avanço de 12,5%. Nos dez primeiros meses do ano, os preços ao produtor na China acumulam alta de 7,3%, de acordo com o NBS. O índice divulgado neste mês aponta aceleração do ritmo de aumento dos preços, que no mês anterior havia registrado avanço de 10,7% na comparação anual.