FinançasNotícias

Dólar segue em alta com desconforto por inflação e impasse sobre precatórios

1 Minutos de leitura
O dólar segue em alta frente o real, cotado a R$ 5,5389 (avanço de 0,27%) no mercado, estendendo ganhos das últimas três sessões. O economista-chefe da JF Trust, Eduardo Velho, afirma que não tem razão para uma nova valorização do real ante o dólar, porque o fluxo cambial esta negativo no mês e muita gente esta realocando portfólio e comprando ações americanas e europeias com todo o risco fiscal e político do Brasil.

Dados de Investimento direto no país estão bem menores também do que o mercado esperava, avalia. “A inflação interna e mundial segue dando impulso aos juros dos Treasuries, levando o mercado a aumentar a busca de proteção em dólar e deprimindo a maioria das divisas emergentes”, observa.

O economista disse ainda que a PEC alternativa apresentada na quarta-feira no Senado, se for aprovada, deve levar a proposta de volta à Câmara, atrasando ainda mais uma definição do Orçamento de 2022.