EconomiaNotícias

É cedo para falar de repercussão a categorias, diz secretário do Tesouro

1 Minutos de leitura
O secretário do Tesouro Nacional, Paulo Valle, afirmou nesta quarta-feira, 29, em coletiva sobre o resultado do Governo Central, que desconhece minuta do Ministério da Economia para pagamento de bônus de eficiência para os servidores da Receita Federal.

Valle afirmou que o Orçamento para 2022 foi aprovado com R$ 1,7 bilhão para reajuste, mas que ainda não foram definidas as categorias.

“É um assunto a ser definido. É cedo para falar sobre repercussão para demais categorias para além das já contempladas. Premissa até então era de não reajuste em 2022”, completou.

A sinalização do presidente Jair Bolsonaro de reajustes apenas para policiais federais no ano que vem causou indignação entre os servidores públicos. Auditores da Receita Federal, por exemplo, se mobilizaram e entregaram cargos em todo o País.

Hoje, em reunião coordenada pelo Fórum Nacional das Carreiras de Estado (Fonacate), foi aprovado um calendário de mobilização da categoria de servidores públicos por reajuste salarial, incluindo dias nacionais de paralisação previstos para janeiro – o primeiro no dia 18 -, e assembleias em fevereiro para deliberar sobre uma greve geral.