EmpresasNotícias

Isa Cteep: lucro líquido ajustado cai 48% no 3º trimestre para R$ 212,4 milhões

2 Minutos de leitura

A Isa Cteep teve lucro líquido ajustado de R$ 212,4 milhões no terceiro trimestre deste ano, queda de 48% em relação ao mesmo período do ano passado, devido ao reconhecimento de eventos extraordinários que beneficiaram os resultados de 2020, e que não se repetiram em 2021. Sem os ajustes, o lucro líquido da empresa caiu 53,1% para R$ 188,0 milhões.

Os ajustes no lucro líquido consideram o recebimento da Parcela de Ajuste, sem considerar a provisão e feitos não recorrentes.

No trimestre, o resultado financeiro consolidado atingiu despesa de R$ 159,7 milhões, um acréscimo de R$ 108,6 milhões em decorrência das novas captações e aumento das despesas com variações monetárias e encargos sobre empréstimos, principalmente em função da alta do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e no Certificado de Depósito Interbancário (CDI).

O Lucro Antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização (Ebitda) ajustado do período teve redução de 5,2% para R$ 592,6 milhões. Sem os ajustes, o Ebitda da companhia caiu 15,5%, a R$ 565,4 milhões.

Entre julho e setembro, a receita líquida ajustada da Isa Cteep caiu 5,2% para R$ 782,8 milhões, enquanto a receita líquida sem o efeito dos ajustes ficou em R$ 758,4 milhões, baixa de 7,7%.

Os investimentos do período foram de R$ 399,5 milhões, alta de 11,1% em relação aos realizados um ano antes.

Segundo a diretora-executiva de relações com investidores da empresa, Carisa Cristal, em outubro a empresa concluiu a 11ª emissão debêntures totalizando R$ 950 milhões, o que dá segurança para empresa fazer seus investimentos já programados. e reduz a necessidade de voltar ao mercado em 2022, ano que pode haver mais volatilidade para as operações. “A estratégia foi fazer uma captação grande agora porque no ano que vem tem volatilidade maior”, explicou.

Leilão

A Isa Cteep já tem avaliado os lotes que serão disponibilizados no leilão de transmissão que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) realizará em dezembro, para definir sua estratégia de participação.

“Estamos estudando cinco lotes, ainda não decidimos de quais participaremos, mas queremos entrar buscando conhecimento e gestão de risco” disse o presidente da companhia, Rui Chammas.

Questionado sobre a atratividade do leilão em meio a um cenário de dólar mais caro e taxas de juros em ascensão, Chammas disse que a empresa procura desenhar uma estratégia que evita tomar riscos e, portanto, faz contratos de hedge e pré-contratos com fornecedores que garantam os parâmetros desenhados para a proposta. Quando há algo indefinido, colocamos margens de segurança”, explicou o presidente da companhia, Rui Chammas.

Proventos

A empresa pagará no dia 17 de novembro o montante de R$ 860 milhões em dividendos relativos aos ganhos da empresa no ano. No acumulado a Isa Cteep distribuirá R$ 2,8 bilhões em proventos.

“É um número significativo, os acionistas gostam e têm um olhar atento, porque veem a gente como bons pagadores de dividendos”, disse Carisa Cristal.