FinançasNotícias

Maioria das Bolsas da Ásia fecha em queda

2 Minutos de leitura
Os mercados acionários da Ásia tiveram pregão em geral negativo, nesta quinta-feira. No mercado chinês, ações de incorporadoras voltaram a recuar, enquanto o dia na bolsa japonesa também foi negativo.

Na China, a Bolsa de Xangai fechou em baixa de 0,47%, em 3.520,71 pontos, e a de Shenzhen, de menor abrangência, caiu 0,65%, para 2.575,12 pontos. Ações de incorporadoras caíram, após dados modestos do setor relativos a outubro.

A Orient Securities diz que o governo até agora não conduziu relaxamento suficiente para apoiar a confiança do consumidor nesse segmento. Poly Developments, Seazen Holdings e Gemdale tiveram quedas de mais de 2%. Já empresas ligadas à produção de lítio estenderam ganhos recentes, com a expectativa de maior demanda pelo componente, diante do quadro global de se tentar avançar rumo à neutralidade nas emissões de carbono na atmosfera. Tianqi Lithium subiu 6,3% e Chengxin Lithium, 5,3%.

Na Bolsa de Tóquio, o índice Nikkei caiu 0,30%, a 29.598,66 pontos. Ações de energia e transporte marítimo se saíram mal. Inpex teve queda de 7,1% e Nippon Yusen, de 4,3%.

Já Eisai registrou perda de 9,0%, diante da menor chance de aprovação na Europa de um medicamento dela contra o Alzheimer. Investidores aguardam notícias sobre eventual estímulo fiscal no Japão e também por outras iniciativas do premiê Fumio Kishida.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng caiu 1,29%, a 25.319,72 pontos. Há expectativa nesse mercado pelo dia 6 de dezembro, quando será anunciada revisão no índice. A China Galaxy International afirma que o Hang Seng poderá incluir mais ações da área de saúde, tecnologia da informação e consumo.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi terminou com queda de 0,51% em Seul, em 29.589,66 pontos. Ações de montadoras e de empresas ligadas ao consumo influenciaram negativamente. Hyundai Motor teve baixa de 1,0% e Kia, de 1,1%.

Em Taiwan, o índice Taiex foi na contramão da maioria e subiu 0,44%, a 17.841,37 pontos. O índice chegou a oscilar em baixa durante parte do dia, mas confirmou ganhos.

Oceania

Na Oceania, o S&P/ASX 200 fechou em alta de 0,13%, em 7.379,20 pontos, na Bolsa de Sydney, com recuperação modesta após sequência de perdas recentes. Commonwealth Bank caiu 1,5%, prolongando fraqueza dos últimos dias, mas algumas empresas ligadas a matérias-primas se saíram bem.

Nufarm subiu 5,2%, recuperando-se após queda forte no pregão anterior, e Evolution avançou 9,7%. Várias mineradoras de ouro também subiram nesta quinta no mercado australiano.

* Com informações da Dow Jones Newswires