EmpresasNotícias

NDB/Troyjo: Brasil pode ter de R$ 35 bi a R$ 40 bi aprovados de 2022 a 2026

1 Minutos de leitura
O presidente do Novo Banco de Desenvolvimento, Marcos Troyjo, afirmou nesta quarta-feira, 10, que o banco já aprovou R$ 28 bilhões em projetos para o Brasil desde sua criação, dos quais R$ 13 bilhões foram direcionados a projetos de desenvolvimento sustentável. E este montante pode aumentar.

“O Brasil pode ter de R$ 35 bilhões a R$ 40 bilhões aprovados de 2022 a 2026”, disse ele, durante painel da COP-26 com a presença de autoridades brasileiras. Segundo ele, desde sua criação, o NDB (sigla em inglês para o nome do banco) tem um estoque de R$ 170 bilhões em projetos aprovados.

O presidente do Banco do Brasil, Fausto de Andrade Ribeiro, disse que, para que os recursos dos projetos cheguem a quem precisa deles, é necessário desburocratizar as etapas de concessão. “Se não tivermos bases de dados integradas, continuaremos navegando em um mundo de documentos e papéis sem a velocidade necessária”, disse.

Segundo Ribeiro, a redução das burocracias é necessária tanto em questões ambientais quanto nas questões cartoriais envolvidas na concessão de crédito. De acordo com ele, há uma forte demanda reprimida por financiamento em setores como o agronegócio, que pode ser atendida pelos recursos.

“Os Estados Unidos têm duas vezes a sua produção em (capacidade de) armazéns e silos. Não temos nem a metade disso”, destacou o presidente do BB.