FinançasNotícias

Ouro fecha em alta, apoiado por enfraquecimento do dólar e de olho em Fed

1 Minutos de leitura
O contrato do ouro no mercado futuro avançou nesta terça-feira, 11. Investidores parecem já ter precificado ajustes nas expectativas para alta de juros do Federal Reserve (Fed), dizem analistas. Além disso, o metal se apoia no enfraquecimento do dólar nesta sessão.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro com entrega prevista para fevereiro subiu 1,10%, a US$ 1818,50 por onça-troy

O recuo do dólar ante rivais favorece a negociação do ouro, uma vez que torna a commodity mais barata para detentores de outras moedas.

Em relatório, o Commerzbank pontua que o mercado já precificou a primeira alta dos juros básicos pelo Fed na reunião de março. “A elevação na taxa básica de juros pelo Fed, a primeira em seis anos, não deve mais ter peso significativo sobre o ouro”, diz o analista Daniel Briesemann.

O TD Securities, por sua vez, aponta que o metal precioso tem se demonstrado resiliente, enquanto investidores digerem as notícias de um tapering acelerado e suas consequências. Com os mercados considerando a inflação persistente, o ouro ainda tem espaço nas negociações, “apesar do sentimento amplamente negativo em todo o complexo”, diz o banco.