EconomiaNotícias

Tombo na agropecuária puxou pra baixo o resultado do PIB, avalia IBGE

1 Minutos de leitura
O tombo na atividade agropecuária no terceiro trimestre puxou para baixo o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro no período. O mau desempenho foi influenciado por perdas nas lavouras de café, algodão, milho e cana-de-açúcar, mas também no segmento pecuário, especialmente de criação de bovinos, segundo os dados do PIB, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O PIB agropecuário encolheu 8,0% no terceiro trimestre ante o segundo trimestre deste ano. Na comparação com o terceiro trimestre do ano passado, houve redução de 9,0%, sob impacto, sobretudo, da estiagem.

“A gente vê que várias lavouras importantes do Brasil estão todas com expectativa de queda no ano”, justificou Rebeca Palis, coordenadora de Contas nacionais do IBGE.

As consequências da seca reduziram os ganhos com a lavoura em 2021, com exceção da soja, que foi plantada antes, colhida e exportada antes do terceiro trimestre deste ano, lembrou Rebeca.

“Este ano, além de ter problemas climáticos adversos, a gente ainda está com problema de bienalidade do café”, disse Rebeca. “A agropecuária ganhou bastante peso, está pesando quase 7% do PIB, exatamente porque foi favorecida em 2020. O peso é pequeno, mas uma queda de 8% no trimestre influencia (o resultado geral do PIB)”, completou.