EconomiaNotícias

Turquia: em meio a tombo da lira turca ante dólar, aumenta busca por criptomoedas

1 Minutos de leitura
A lira turca tornou-se tão volátil que os turcos abandonaram a moeda local por ativos com uma reputação ainda mais arriscada: criptomoedas. Em meio ao tombo da lira ante o dólar no último trimestre de 2021, os volumes de negociações de criptomoedas usando a lira saltaram para uma média de US$ 1,8 bilhão por dia em três plataformas, de acordo com a empresa de análise de blockchain Chainalysis.

Esses volumes ainda são modestos em comparação com os resultados de uma pesquisa de 2019 do Banco de Compensações Internacionais (BIS), que identificou cerca de US$ 71 bilhões em transações em liras por dia, mas mesmo assim são mais do que em qualquer um dos cinco trimestres anteriores.

Os turcos estão particularmente interessados na stablecoin tether, cujo valor está atrelado ao dólar. A lira se tornou a moeda emitida por governo mais negociada em relação ao tether, superando o dólar e o euro, de acordo com o provedor de dados CryptoCompare.

Os turcos têm o costume de enfrentar períodos de turbulência econômica mantendo seu dinheiro em dólares americanos, euros ou ouro. A ascensão das criptomoedas nos últimos anos apresentou um novo grupo de instrumentos para armazenar riqueza, embora muito mais volátil. Desde setembro, a lira perdeu 40% de seu valor em relação ao dólar.

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, mergulhou o sistema financeiro da Turquia em turbulência com um pressão para repetidos cortes nas taxas de juros em face da inflação crescente. A moeda se estabilizou um pouco nas últimas semanas após medidas do governo, mas os turcos locais continuam cautelosos.

“As políticas sem sentido em relação às taxas de juros, diminuindo a confiança nas estatísticas publicadas sobre inflação e decisões políticas, fizeram das criptomoedas um porto seguro, embora elas sejam ativos financeiros arriscados e voláteis”, explica a operadora turca Ka an enay.

Os turcos adotaram as criptomoedas apesar de uma proibição oficial introduzida no ano passado ao seu uso como forma de pagamento no país. As criptomoedas cresceram em popularidade na Turquia e em partes do mundo em desenvolvimento, onde a desconfiança quanto políticas econômicas do governo é alta. Fonte: Dow Jones Newswires.