EmpresasNotícias

Unigel, Electrolux e Termotécnica fecham parceria para refrigerador sustentável

2 Minutos de leitura
A Unigel firmou parceria com a Electrolux e a Termotécnica para fornecer poliestirenos com material pós-consumo, o Ecogel, para a fabricação de peças de refrigeradores. Essa parceria vai ajudar a Electrolux a dobrar o uso de plástico reciclado em sua produção neste ano e a atingir suas metas de sustentabilidade. O objetivo da empresa é que metade do plástico utilizado na fabricação de refrigeradores seja reciclável em 2030.

O projeto está inserido num contexto de economia circular, no qual os materiais são reaproveitados em novos negócios. A Unigel fornece monômero de estireno para a Termotécnica. Essa matéria-prima é usada na produção de embalagens em EPS, material popularmente conhecido como isopor. Além disso, a Unigel fornece o poliestireno para a Electrolux, usado na fabricação de peças do interior de refrigeradores, como prateleiras e gavetas.

“O grande destaque do projeto é que o isopor tem tempo de vida curto, mas, depois, é usado para fabricar o refrigerador, que dura cerca de dez anos. Esperamos poder reaproveitar aproximadamente 200 toneladas de material pós-consumo até o fim de 2022, que darão origem a novos produtos indispensáveis no dia a dia das pessoas “, afirmou ao Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) o diretor Comercial da Unigel, Marcelo Natal.

Ele conta que a grande dificuldade do projeto é logística, porque, para tirá-lo do papel, é necessário coletar um grande volume de material pós-consumo. Esse problema foi resolvido com a formação da parceria com a Termotécnica, que possui um programa de coleta e reciclagem de EPS e poliestireno pós-consumo, gerando um novo material, o Repor.

“Pensando na cadeia logística como um todo, dar uma nova vida às embalagens pós-consumo, transformando-as em produtos nobres, atende à demanda da sociedade por uma atuação responsável das empresas em termos de sustentabilidade”, disse Albano Schmidt, presidente da Termotécnica.

A Electrolux está realizando testes com o Ecogel desde o ano passado. Atualmente, o produto está em fase de implementação. A previsão é que os primeiros refrigeradores com componentes produzidos com o material cheguem ao consumidor já no início de 2022.

“Entendemos que os grandes desafios ambientais e sociais demandam colaboração intrassetorial e de diferentes atores da sociedade, por isso estamos abertos a este tipo de parcerias”, afirmou o diretor de Sustentabilidade da Electrolux América Latina, João Zeni.