EconomiaNotícias

Abras não vê risco de faltar mão de obra qualificada nas lojas em razão da covid

1 Minutos de leitura
A Associação Brasileira de Supermercados (Abras) afirmou em nota que “o setor conta, em âmbito nacional, com cerca de 3 milhões de colaboradores diretos e indiretos que dão segurança e garantia ao abastecimento diário dos consumidores, não havendo riscos de faltar mão de obra qualificada nas lojas diante do atual cenário (de contágio pela variante Ômicron)”. A entidade afirma estar atenta à saúde dos funcionários e que, “em casos de testagem positiva, eles serão afastados, seguindo rigidamente às normas dos órgãos públicos responsáveis”.

A Abras diz ainda continuar a reforçar junto ao setor supermercadista o cumprimento dos protocolos para prevenção da contaminação pelo coronavírus.

Além de dizer que as lojas devem intensificar a limpeza dos carrinhos e cestas de compras que são as áreas de maior contato com as mãos dos clientes, bem como fazer a limpeza constante dos checkouts e pisos.