EmpresasNotícias

AES Brasil e Itaú fecham acordo para projetos de geração de energia renovável

1 Minutos de leitura
A AES Operações, subsidiária da AES Brasil, celebrou nesta segunda-feira, 3, com o Itaú Unibanco um acordo de investimentos para projetos de geração de energia renovável. A instituição financeira subscreverá novas ações preferenciais a serem emitidas no contexto de um aumento de capital realizado pela Guaimbê Holding, na qual o banco aportará R$ 360 milhões. A operação foi aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) no dia 16 de dezembro.

A Guaimbê Holding é uma sociedade controlada pela AES Operações e holding de projetos do Grupo AES Brasil de geração de energia eólica e solar. Com a subscrição das novas ações preferenciais emitidas no aumento de capital, o Itaú aumentará a sua participação como acionista da Guaimbê, passando a deter participação de 23,72% de seu capital social.

Segundo o fato relevante divulgado há pouco, o acordo reforça a capacidade do Grupo AES Brasil de trazer investidores de qualidade, bem como reitera o compromisso do banco com o fomento de geração de energia por fontes renováveis. “Trata-se de uma oportunidade de fomentar seu projeto de crescimento, direcionando os recursos aportados pelo Itaú para ampliar seu portfólio de projetos de geração de energia renovável”, complementa a empresa.

A operação prevê ainda a contribuição, na Guaimbê Holding, pela AES Operações, de sua participação na Ventus Holding de Energia Eólica, sociedade que compõe o Complexo Eólico Ventus, localizado no Estado do Rio Grande do Norte, bem como sua participação nas sociedades AGV Solar IV Geradora de Energia S.A., AGV Solar V Geradora de Energia S.A. e AGV Solar VI Geradora de Energia S.A., que contemplam a segunda fase do Complexo Solar de Ouroeste, localizado no município de Ouroeste, no Estado de São Paulo.