EmpresasNotícias

Asset 1 lidera ranking Top 5 do BC em novembro para o IPCA de médio prazo

1 Minutos de leitura
A Asset 1 liderou pela segunda vez consecutiva em novembro a lista das instituições Top 5 do Banco Central para o IPCA de médio prazo. O IPCA de outubro, divulgado nessa quarta-feira, 10, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrou uma alta de 1,25%, bem acima da mediana das expectativas dos analistas do mercado financeiro consultados pelo Projeções Broadcast, que apontava para uma inflação de 1,06%.

A previsão que a Asset 1 enviou ao Sistema de Expectativas do BC mostrou um desvio médio de 0,5400 ponto porcentual em relação ao resultado efetivo da inflação referente ao mês passado. Para esse critério do Top 5, esse foi o menor desvio médio em relação do IPCA entre as mais de 100 instituições financeiras que participam da Focus.

O ranking de médio prazo considera a precisão média das projeções de três períodos consecutivos de quatro meses em relação aos resultados efetivos de três meses – o mês de referência e os dois que o antecedem.

O segundo lugar ficou com a Quantitas Asset Management, cuja expectativa em relação ao IPCA de outubro mostrou um desvio médio de 0,5408 ponto porcentual.

A Linus Galena, segundo o BC, foi a terceira colocada no ranking Top 5 de novembro para o IPCA de médio prazo. A projeção que a instituição inseriu no Sistema de Expectativas do BC mostrou um desvio médio de 0,6150 ponto porcentual.

Com o quarto lugar ficou a Análise Econômica, que enviou ao BC uma expectativa em relação ao IPCA de novembro no médio prazo com um desvio médio de 0,6387 ponto porcentual em relação ao IPCA.

Finalmente, fechando a lista das instituições Top 5 apareceu o Banco Sicredi. A previsão do banco mostrou um desvio médio de 0,6407 ponto porcentual em relação ao IPCA de outubro.