EmpresasNotícias

BB liderou em novembro o ranking Top 5 do BC para o IGP-M de médio prazo

1 Minutos de leitura
O Banco do Brasil liderou em novembro o ranking Top 5 do Banco Central (BC) para o IGP-M de médio prazo. A inflação medida pelo IGP-M no mês passado foi de 0,64% e a projeção do BB inserida no Sistema de Expectativas do BC abrigou um desvio médio de 0,4440 ponto porcentual.

O ranking de médio prazo considera a precisão média das projeções de três períodos consecutivos de quatro meses em relação aos resultados efetivos de três meses – o mês de referência e os dois que o antecedem.

Segundo as métricas do BC para o IGP-M de médio prazo, o segundo lugar no ranking Top 5 de novembro ficou com a JP Gestão. A previsão da instituição mostrou um desvio médio de 0,4441 ponto porcentual em relação ao resultado efetivo do IGP-M no mês passado.

A Funcef ficou com a terceira posição, ao enviar ao BC uma projeção para o IGP-M que mostrou um desvio médio de 0,4600 ponto porcentual.

O Banco Itaú foi o quarto colocado, com uma projeção que se desviou em 0,4657 ponto porcentual em relação ao IGP-M de outubro e foi seguido, em quinto lugar, pela TC Matrix Macro, cuja projeção para o IGP-M mostrou um desvio médio de 0,4697 ponto porcentual.