FinançasNotícias

Bolsas de NY fecham com ganhos, com setor de tecnologia em destaque e recorde

1 Minutos de leitura
Os mercados acionários de Nova York voltaram do feriado do Natal com fôlego. Mesmo em semana atípica pelo fim do ano, com volumes menores em negociação, o índice S&P 500 renovou recorde histórico de fechamento, com o setor de tecnologia entre os destaques nesta segunda-feira.

O índice Dow Jones fechou em alta de 0,98%, em 36.302,38 pontos, o S&P 500 avançou 1,38%, a 4.791,19 pontos, e o Nasdaq subiu 1,39%, a 15.871,26 pontos.

O varejo americano trouxe notícia positiva, que apoiou o humor nesta segunda, 27. A Mastercard SpendingPulse estimou que as vendas no varejo nos EUA aumentaram 8,5% entre 1º de novembro e a véspera de Natal, em comparação com igual período de 2020. Esse crescimento foi o mais acentuado em 17 anos.

Por outro lado, o cancelamento de milhares de voos por causa da covid-19 foi lembrete de que os riscos da pandemia para a atividade continuam a ser significativos. Hoje, de qualquer modo, o quadro de ganhos dominou, com o otimismo sobre a recuperação tendo mais peso.

Mesmo o petróleo, que caiu pela manhã, recuperou fôlego ao longo do dia e ajudou o setor de energia a se destacar em Nova York, com Chevron em alta de 2,04% e Exxonombil, de 1,43%. Tecnologia também esteve entre os melhores desempenhos, com a ação da Tesla em alta de 2,52% e Apple, de 2,30%. Entre outras ações importantes, Boeing foi na contramão da maioria e caiu 0,51%, enquanto entre os bancos Citigroup subiu 0,73% e JPMorgan teve alta de 0,57%.