EconomiaNotícias

Braskem reverte prejuízo em lucro líquido de R$ 3,537 bi no trimestre

1 Minutos de leitura

A Braskem reverteu o prejuízo de R$ 1,413 bilhão do terceiro trimestre do ano passado em lucro líquido de R$ 3,537 bilhões entre julho e setembro deste ano. Na comparação com o segundo trimestre de 2021, houve, no entanto, uma queda de 52%. Em nove meses, o lucro líquido da companhia chega a R$ 13,455 bilhões.

O resultado operacional recorrente da companhia ficou em R$ 7,670 bilhões no terceiro trimestre, uma alta de 109% na comparação com o mesmo período do ano passado. Em relação ao segundo trimestre deste ano, quando o Ebitda ficou em R$ 9,4 bilhões, foi registrada queda de 18%, em função da apreciação do real frente ao dólar em 1%.

A queda do segundo para o terceiro trimestre ocorreu, principalmente, pelos menores spreads internacionais de resinas no Brasil, polipropileno (PP) na Europa e polietileno (PE) no México, porém ainda acima da média histórica dos últimos dez anos; e pelo menor volume de vendas de PP nos Estados Unidos e na Europa.

Em relação ao terceiro trimestre de 2020, o resultado operacional recorrente da companhia em dólar foi 116% superior, em função dos melhores spreads internacionais de principais químicos, PE e PVC no Brasil, PP nos Estados Unidos e Europa e PE no México; e do maior volume de vendas de principais químicos no Brasil, e PP nos Estados Unidos e Europa em função da retomada da demanda após impacto da covid.

A receita líquida de vendas entre julho e setembro deste ano atingiu R$ 28,299 bilhões, avanço de 77% em relação ao mesmo período do ano passado e alta de 7% na comparação com o segundo trimestre deste ano. Os dados foram divulgados nesta terça-feira.