EmpresasNotícias

CVM aceita acordo de R$ 340 mil com diretor do grupo Dimed para encerrar processo

1 Minutos de leitura
A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) fechou nesta terça-feira, 26, um acordo com Antônio Carlos Tocchetto Napp, diretor de relações com investidores do grupo Dimed, para encerrar um processo administrativo em trâmite na autarquia. Napp comprometeu-se a pagar R$ 340 mil.

O processo instaurado pela Superintendência de Relações com Empresas (SEP) apurava a oscilação atípica de ações da companhia em 29 de junho de 2020, após reportagem revelar que a empresa planejava realizar uma oferta de ações que poderia chegar a R$ 800 milhões. A informação foi confirmada no mesmo dia em fato relevante.

O processo contra o grupo – formado pela rede de farmácias Panvel, pela distribuidora de medicamentos Dimed e pelo laboratório farmacêutico Lifar – tratava da possível infração à Lei das Sociedades por Ações, que prevê comunicação imediata de deliberação ou fato que possa influir na decisão de investidores.

A Procuradoria Federal Especializada junto à CVM concluiu não existir impedimento jurídico para a celebração do acordo. O colegiado acompanhou o Comitê de Termo de Compromisso (CTC) e aceitou o termo de compromisso.