FinançasNotícias

Dólar vira e cai a R$ 5,6567 em linha com pares emergentes

1 Minutos de leitura
O dólar virou e caiu à mínima a R$ 5,6567 no mercado á vista perto do fim da manhã desta segunda-feira, 27, após testar máxima a R$ 5,7062 (alta de 0,76%) mais cedo. A desaceleração frente o real acompanha a queda do dólar ante o peso mexicano e o peso chileno no período da manhã, além da continuidade das perdas de mais cedo frente rublo e rand sul africano, afirma o gestor de renda fixa da Terra Investimentos Marcelo Castro.

O ajuste ocorre ainda paralelamente à alta do Ibovespa, onde o investidor procura oportunidades, ações que ficaram baratas, como as de varejo, enquanto as blue chips estão mistas. “Essa semana tem agenda mais vazia e o mercado está fazendo apenas zeragem de posições cambiais de fim de ano”, observa.

Segundo ele, em países emergentes como o nosso, os investidores puxam um pouco o dólar em meio a remessas ao exterior e ajustes contábeis de fim de ano, mas o BC fez leilões e vendeu cerca de US$ 4,8 bilhões desde o dia 10 até a última quinta-feira, lembrou. “Quem tinha grande zeragem de posições cambiais já se antecipou e a liquidez está menor hoje, apoiando volatilidade”, afirma. “Mas sua expectativa é de que a disputa técnica em torno da formação da última Ptax do ano, na quinta-feira, tende a levar o dólar para cima”, comenta Castro.