FinançasNotícias

Ibovespa sobe e testa 102 mil pontos com ações de commodities

3 Minutos de leitura
Após abrir em queda e testar alta, o Ibovespa opera com instabilidade mesmo após a divulgação dos dados de emprego dos Estados Unidos, que trouxeram resultados variados, mas com destaque para a menor geração de vagas em dezembro do que o esperada. No entanto, o índice tenta subir com a ajuda de ações ligadas ao setor de commodities, mas sem vigor.

“O mercado ainda está tentando definir uma trajetória após o payroll abaixo do previsto”, afirma André Rolha, líder de Renda Fixa e Produtos de Câmbio da Venice Investimentos. Ou seja, o relatório reforçou, no geral, o tom duro da ata do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) desta semana, que indicou alta antecipada dos juros e de forma mais rápida por lá.

A economia dos Estados Unidos criou 199 mil empregos em dezembro, em termos líquidos, segundo dados publicados hoje pelo Departamento do Trabalho do país. O resultado ficou bem abaixo da expectativa de analistas, de geração de 422 mil vagas. Por outro lado, a taxa de desemprego dos EUA recuou de 4,2% em novembro para 3,9% em dezembro, ficando abaixo do consenso. Em dezembro, o salário médio por hora aumentou 0,61% em relação a novembro, superando as estimativas.

“Embora o dado de geração tenha ficado baixo, a taxa de desemprego veio melhor do que as estimativas, caminhando para o pleno emprego”, completa Rolha. “Não deve alterar postura hawkish do Fed, mantendo a política monetária com duas altas de juros já previstas para 2022 com início em março, diz.

“Infelizmente, por ora, os dados não mudam a ideia do Fed. E se os juros sobem por lá, basicamente há migração de recursos daqui para os EUA”, avalia Carlos Duarte, planejador financeiro CFP pela Planejar.

A despeito desta avaliação, a alta do petróleo e do minério de ferro – ainda que moderada – ampara ganho ao Ibovespa, sem contudo, evitar queda semanal, que já é de 2,74%, nível distante da valorização de 5,09% apurada na primeira semana de janeiro de 2021. Ontem, fechou com elevação de 0,55%, aos 101.561,05 pontos.

Além disso, seguem persistentes as preocupações com a evolução da economia brasileira, seja na área fiscal, da atividade, da inflação e com o aumento de casos de covid-19 e diante da confirmação da primeira morte pela Ômicron no País. O manifesto dos servidores por aumento salarial se espalha com a adesão de novas categorias. E o governo terá de enfrentar um problema adicional para administrar a pressão do funcionalismo, que é a previsão de recursos insuficientes no Orçamento para reajuste salarial.

Internamente, permanecem as idiossincrasias relacionadas à política e ao fiscal, afirma André Rolha. Ele ressalta que o manifesto de alguns servidores, que tem atraído outros segmentos para conseguirem aumento salarial preocupa. “Outras categorias também querem entrar no bolo, só que o cobertor é curto”, diz.

Em um desdobramento dos movimentos de servidores públicos por maiores remunerações, o Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) anunciou a suspensão da maioria dos seus julgamentos a partir de segunda-feira (10).

“A conjuntura doméstica está desfavorável: aumento do número de casos da Covid19, fracos dados da atividade econômica, incertezas fiscais, decorrentes da pressão por reajustes dos servidores federais, e o risco de um governo Lula promover uma contrarreforma na economia”, acrescenta a MCM Consultores em nota.

Além da intenção do PT de desfazer a reforma trabalhista no Brasil, também pretende rever o teto de gastos e o plano de privatizações. Essas indicações estão no radar do mercado.

Além das commodities, o noticiário corporativo dá algum alívio. A última das notícias é que a XP comprou o Banco Modalmais, enquanto a Petrobras diz manter intenção de vender 100% das ações PN da Braskem por meio de oferta(s) pública(s) secundária(s) de ações (follow-on), junto com a Novonor. Às 11h15, as ações da petrolífera subiam 0,50% (PN) e 1,11% (ON), enquanto as da petroquímica subiam 1,19%. Na esteira do minério, Vale avançava 0,96%.

Hoje, o Banco do Brasil confirmou emissão de bônus ESG no montante de US$ 500 milhões, como o Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) havia antecipado nesta semana. A operação de captação está dentro do programa de Medium Term Notes de bônus de dívida no mercado internacional e os recursos captados serão para o financiamento de iniciativas ESG (governança ambiental, corporativa e social). As ações do banco subiam 0,52%, enquanto as dos demais bancos cediam em sua maioria.

O Ibovespa subia 0,41%, aos 101.978,70 pontos, ante máxima diária aos 102.048,33 pontos (alta de 0,48%) e mínima aos 101.104 pontos (-0,45%).