EconomiaNotícias

Importação de GNL pela Petrobras bateu recorde em 2021, com 23 milhões de m3/d

1 Minutos de leitura
A importação de Gás Natural Liquefeito (GNL) pela Petrobras foi recorde em 2021, com a compra de 23 milhões de metros cúbicos por dia (m3/d), ultrapassando o recorde de 2014, de 20 milhões de m3/d, informou a estatal em nota. O volume é também 200% maior do que o importado em 2020, de 7,5 milhões de m3/d.

Segundo a Petrobras, o recorde diário ocorreu no dia 1º de outubro do ano passado, de mais de 40 milhões de m3, no auge da crise hídrica, quando a maioria das termelétricas do País precisaram ser acionadas.

No ano, o GNL representou cerca de 30% do total do portfólio da oferta do insumo pela Petrobras aos seus clientes.

“O recorde de 2021 é resultado das iniciativas adotadas pela companhia para ampliar a oferta de gás natural ao mercado, como, por exemplo, o aumento do terminal de regaseificação do Rio de Janeiro, que passou de 21 milhões de m3/d para 30 milhões de m3/d, o mesmo volume importado da Bolívia