EmpresasNotícias

Lucro líquido da CPFL aumenta 6,2% no 3º trimestre, para R$ 1,436 bilhão

1 Minutos de leitura
O lucro líquido da CPFL Energia aumentou 6,2% no terceiro trimestre em comparação com o mesmo período do ano passado, para R$ 1,436 bilhão. A melhora no resultado deve-se à expansão da geração de energia eólica e também à evolução do consumo de energia do comércio e indústria nas regiões atendidas pela companhia.

O Lucro Antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização (Ebitda, da sigla em inglês) foi de R$ 2,596 bilhões, alta de 32,8% em base anual de comparação, enquanto a receita operacional líquida da empresa avançou 43,8%, a R$ 11,190 bilhões.

Entre julho e setembro, a dívida líquida da empresa alcançou R$ 15,948 bilhões. A alavancagem medida pelo indicador dívida líquida/Ebitda ficou em 1,77 vez, redução de 8,4%. Já os investimentos da CPFL no terceiro trimestre somaram R$ 932 milhões, alta de 21% em relação ao mesmo período do ano passado.

Segundo a CPFL, no segmento de geração de energia, houve crescimento de 5,9% na produção da fonte eólica, mais do que compensando os efeitos negativos da geração em Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) e usinas hidrelétricas, que foram afetadas pela crise hídrica. Esse aumento de produção na fonte eólica foi decorrente de condições climáticas favoráveis e à entrada em operação da usina Gameleira, com 81,7 megawatts (MW).

Operacional

A carga de energia na área de concessão da CPFL aumentou 2% no terceiro trimestre, alcançando 17.056 gigawatts-hora (GWh).

Já as vendas na área de concessão totalizam 16.581 GWh, crescimento de 3,5% em base anual de comparação. Deste total, o mercado cativo foi responsável por 10.164 GWh, queda de 3,2%, e o mercado livre por 6.418 GWh, alta de 16,3%.