EmpresasNotícias

Lucro da Cyrela cai 83,1% e atinge R$ 238 milhões no 3º trimestre

1 Minutos de leitura
A Cyrela Brazil Realty fechou o terceiro trimestre de 2021 com lucro líquido de R$ R$ 238 milhões, queda de 83,1% em relação ao mesmo período de 2020, quando o balanço apurou ganhos extraordinários pela abertura de capital das joint ventures Cury, Plano&Plano e Lavvi.

A receita líquida totalizou R$ 1,288 bilhão, alta de 10,7% na mesma base de comparação, refletindo o avanço de lançamentos, vendas e obras ao longo dos últimos trimestres.

A margem bruta cresceu 2,1 ponto porcentual, para 34,7%.

O resultado financeiro foi positivo em R$ 9 milhões, montante 63,8% menor na comparação anual.

A companhia reportou geração de caixa de R$ 177 milhões no terceiro trimestre.

A Cyrela apurou um impacto positivo de R$ 51 milhões na linha de equivalência patrimonial referente à participação nas joint ventures: R$ 21 milhões da Cury, R$ 13 milhões da Plano&Plano e R$ 17 milhões da Lavvi.

Esse ganho foi compensado por uma impacto negativo de R$ 37 milhões devido a contingências judiciais não detalhadas no balanço.

Conforme já divulgado em seu prévia operacional, a incorporadora teve alta de 41% nos lançamentos, para R$ 1,897 bilhão, e queda de 15,6% nas vendas, para R$ 1,146 bilhão (comparação anual).