FinançasNotícias

Ouro fecha em alta, fortalecido por baixa do dólar e com notícias sobre Ômicron

1 Minutos de leitura
O contrato futuro do ouro fechou em alta no último pregão deste ano. O metal precioso foi beneficiado nesta sessão pelo enfraquecimento do dólar ante rivais. No radar das mesas de operação, estão as notícias mistas sobre a cepa Ômicron do coronavírus.

Na Comex, divisão para metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro com entrega prevista para fevereiro subiu 0,80%, a US$ 1.828,60 por onça-troy. Na semana, o ganho acumulado foi de 0,93%.

O índice DXY do dólar opera em baixa nesta sessão. O enfraquecimento da moeda americana torna as commodities mais baratas para detentores de outras moedas, o que tende a fortalecer a demanda.

De acordo com a CMC Markets, o ouro pode se beneficiar de apoio no curto prazo, à medida que a virada do ano poderia levar a uma maior demanda pelos consumidores. “Fatores ligados à macroeconomia também devem assegurar algum suporte, dados os temores sobre a inflação e medos ligados à Ômicron no inverno”, dizem analistas. No longo prazo, porém, os ativos do ouro podem ser pressionados, afirma a CMC, uma vez que altas na taxa básica de juros pelo Federal Reserve (Fed) podem ser negativas para o metal precioso.

*Com informações da Dow Jones Newswires