EconomiaNotícias

Presidente do BC diz que governo atual é o que mais vendeu câmbio

1 Minutos de leitura
Em participação no evento Meeting News, organizado pelo Grupo Parlatório, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou nesta sexta-feira que a gestão atual é a que mais vendeu câmbio, retrucando críticas sobre pouca intervenção do BC no mercado cambial. Segundo Campos Neto, as intervenções já somam mais de US$ 80 bilhões e ainda há operações já anunciadas relacionadas à demanda do overhedge. “Já vendemos US$ 80 bilhões em reservas. Até o fim do ano deve chegar a US$ 90 ou US$ 100 bilhões.”

Mas o presidente do BC ponderou que as intervenções seguem as mesmas regras: disfuncionalidade ou falta de liquidez. “Intervenção do câmbio atenua movimentos, mas não muda trajetória. À medida que geramos credibilidade, volatilidade do câmbio tende a cair. Câmbio é flutuante, o que é importante para absorver choques.”

Segundo Campos Neto, o Brasil precisa voltar a ser atraente para os investidores estrangeiros. “O câmbio é um preço que avalia equação de risco e retorno.”