EconomiaNotícias

Turquia: Erdogan remove 3 membros do comitê de política monetária do BC turco

1 Minutos de leitura
O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, removeu nesta quarta-feira, 13, três membros do comitê de política monetária do banco central do país. Em comunicado oficial, o líder também indicou dois novos integrantes para a instituição.

Erdogan tem um histórico de interferência no BC da Turquia e já chegou a demitir presidentes da autoridade monetária. Os membros da entidade removidos hoje foram Semih Tumen, Ugur Namik Kucuk e Abdullah Yavas. Os nomeados são Taha Cakmak e Yusuf Tuna.

A inflação ao consumidor na Turquia acelerou, no acumulado em 12 meses, de 19,25% em agosto para 19,58% em setembro, segundo dados publicados no dia 4 de outubro pela TurkStat, a agência de estatísticas do país.

Apesar das pressões inflacionárias, contudo, o BC turco cortou a taxa básica de juros, no dia 23 de setembro, de 19% para 18%. A próxima decisão de política monetária da instituição será na próxima semana, no dia 21 de outubro.

O atual presidente do BC da Turquia é Sahap Kavcioglu. Ele assumiu o cargo em março, quando Erdogan demitiu o antecessor, Naci Agbal, que havia elevado os juros para conter a inflação.