Educação Financeira

Entenda as diferenças entre corretora e assessoria de investimentos

9 Minutos de leitura

A corretora de investimentos é uma instituição financeira que faz a intermediação entre os investidores e o mercado financeiro. É por meio dela, por exemplo, que se pode fazer investimentos no Tesouro Direto e na Bolsa de Valores. Já a assessoria trata de orientar esta intermediação para oferecer os melhores produtos para o investidor, de acordo com cada perfil.

Entender o glossário usado nesse universo é essencial para melhorar o seu desempenho no mercado financeiro e tomar as decisões mais adequadas.

Neste artigo, vamos esclarecer melhor essa questão, explicando o que cada uma destas instituições faz. Mostraremos os principais critérios que devem ser utilizados em conta ao contratar os serviços dessas organizações. Nesta leitura você encontrará os seguintes tópicos:

· O papel de uma corretora de investimentos.

· O papel de uma assessoria de investimentos.

· O que faz um assessor de investimentos?

· Diferenças entre corretora e assessoria de investimentos.

· Saiba quais são os benefícios de uma assessoria especializada.

· O que a corretora ganha com corretagem zero?

· Como escolher a assessoria ou corretora?

· Qual é a melhor corretora de investimentos?

· Diferenciais da Valor Investimentos.

 

O papel de uma corretora de investimentos

A corretora é uma instituição autorizada pelo Banco Central e que atua como intermediária entre as operações de compra e venda dos produtos financeiros. Isto é, ela oferece as aplicações para o investidor e processa as ordens de compra e venda dos produtos financeiros.

Assim como se faz em um banco, em uma corretora você também abre uma conta. Porém, em vez de contratar empréstimos, por exemplo, você usa o seu dinheiro para aportar em investimentos e fazê-los render.

Na prática, se um investidor deseja comprar ações na Bolsa de Valores, é por meio da corretora que isso acontecerá. Isto vale também vale para títulos públicos (Tesouro Direto), de crédito privado (debêntures, LCIs, LCAs e CDB´s), cotas de fundos de investimentos, entre outros. É a CVM (Comissão de Valores Mobiliários) que fica responsável por estabelecer as normas de atuação e fiscalizar o trabalho dessas instituições.

 

O papel de uma assessoria de investimentos

O papel da assessoria de investimentos envolve o atendimento aos investidores, orientações e esclarecimentos a respeito do mercado financeiro. Ademais, a assessoria de investimentos também pode ofertar produtos que são oferecidos pelas corretoras.

Em outras palavras, ela atua como um intermediador entre pessoas que querem investir e profissionais de uma corretora de valores. Os assessores também são responsáveis por receber as ordens e repassá-las para o sistema utilizado pela corretora. Esse trabalho também é autorizado pela CVM.

Em suma, os profissionais da corretora executam as ordens de compra e venda diretamente no sistema. E os profissionais da assessoria de investimentos apenas levam as suas ordens até a corretora depois de avaliar com você as melhores decisões para sua carteira.

 

O que faz um assessor de investimentos?

Suas atribuições oficias, segundo a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), são:

I – Prospecção e captação de clientes;

II – Recepção e registro de ordens e transmissão dessas ordens para os sistemas de negociação ou de registro cabíveis, na forma da regulamentação em vigor;

III – Prestação de informações sobre os produtos oferecidos e sobre os serviços prestados pela instituição integrante do sistema de distribuição de valores mobiliários pela qual tenha sido contratado.

 

Diferenças entre corretora e assessoria de investimentos

Basicamente, a principal diferença entre a corretora e a assessoria de investimentos é que, na primeira, os investidores realizam as operações e, na segunda, eles obtêm informações e orientações a respeito de quais são os produtos mais adequados para seus objetivos e seu perfil.

Resumidamente, o assessor ajuda a tomar as melhores decisões sobre os aportes, que serão feitos dentro da plataforma da corretora.

Alguns bancos também oferecem acesso ao mercado financeiro. Isto se dá por meio das home broker´s, que são sistemas informáticos em que investidor pode mandar ordens de casa. No entanto, em geral as opções que os bancos oferecem são mais limitadas e, não raramente, há taxas mais altas.

Mas mesmo para usar uma home broker é preciso, primeiro, abrir uma conta em uma corretora de valores. Pois somente a corretora é autorizada a executar no pregão as ordens de compra e venda dadas pelo investidor.

 

Saiba quais são os benefícios de uma assessoria especializada

Indo direto ao ponto: a orientação de uma assessoria especializada poupará você da dor de cabeça de possíveis decisões ruins para os negócios. Um bom assessor financeiro é capaz de oferecer produtos mais compatíveis com a sua carteira e o seu perfil. Isto por si só já é um ótimo motivo para contratarmos serviços de assessoria.

O trabalho de uma assessoria proporciona diversos benefícios para os clientes. E isto é verdadeiro independentemente do valor a ser investido ou da experiência que se tem no mercado financeiro. Isto significa que um assessor profissional de investimentos está sempre pronto para receber e aconselhar todos os tipos de perfil de investidor. Conhecer as melhores oportunidades para cada carteira faz parte do trabalho diário de um agente autônomo de investimentos.

Nos tópicos a seguir, explicamos os principais benefícios da assessoria em finanças para que você entenda o valor que ela pode agregar à sua carteira.

Melhor administração do patrimônio

Já sabemos que a assessoria pode ajudar a construir uma carteira de investimentos diversificada e satisfatória. Entretanto, ela também pode usar o patrimônio que o cliente tem para criar estratégias ainda mais interessantes.

Melhores opções de investimento

Um assessor de investimentos sempre busca as melhores opções no mercado e ajuda os investidores a fazerem escolhas mais acertadas com base na oferta de produtos disponíveis. Assim, o processo de identificar as alternativas e escolher as que sejam mais coerentes com o perfil é enormemente facilitado.

Decisões mais acertadas

Com direcionamentos de um profissional especializado, diminui-se drasticamente o risco de tomar decisões equivocadas, que trazem prejuízo financeiro para investidores. A experiência de um bom assessor é o que valida seus conselhos e orientações. Quando se trata de investimentos, é muito melhor ter o acompanhamento de quem mais entende do assunto.

 

Melhor aproveitamento de oportunidades

Se você não é um especialista na área de investimentos, talvez não fique sabendo de oportunidades que surgem no mercado. Os assessores, no entanto, estão sempre acompanhando as mudanças econômicas capazes de proporcionar uma oportunidade ou aumentar um risco financeiro.

Assim, torna-se possível montar uma carteira eficaz e que traga os resultados esperados na prática. Algo que o cliente provavelmente não conseguiria fazer sozinho, principalmente se tratando de iniciantes. Há um aproveitamento melhor dos seus investimentos quando você é aconselhado por quem têm experiência e know-how no assunto.

 

O que a corretora ganha com corretagem zero?

É cada vez maior a quantidade de corretoras aderindo à famosa taxa zero. Mas você deve estar se perguntando: então como a corretora ganha dinheiro? Esta é uma dúvida comum. Mas, para começar, saiba que os produtos que participam da taxa zero são o Tesouro Direito, alguns da renda variável como Fundos Imobiliários e, praticamente todos da renda fixa.

A taxa zero significa que algumas corretoras de valores não cobram pelas duas principais taxas, quais sejam: a custódia e a corretagem. Em se tratando de renda fixa, isto é possível porque as corretoras funcionam como vitrine de produtos que, na verdade, são dos bancos. Então, pelo trabalho de “exposição e oferta” destes produtos, as corretoras recebem dos bancos as suas comissões e deixam de cobrar taxas dos seus investidores.

É por isso que produtos como LCI´s e CDB´s são oferecidos pelas corretoras com taxa zero para os investidores. Pois as corretoras estão recebendo comissão dos bancos pela venda destes produtos.

Quanto ao tesouro direto, as corretoras recebem pelo dinheiro que fica parado na sua conta. O motivo da taxa zero ser possível aqui é pelo fato de que as corretoras receberão pelo rendimento do float. Quando você realiza uma aplicação no tesouro direto, é necessário a transferência do seu dinheiro para uma corretora. No entanto, a liquidação deste valor só irá ocorrer no dia seguinte ao da compra. O float (flutuação) é a rentabilidade do primeiro dia, que vai para a instituição financeira e não para o investidor.

Assim, ainda que seja apenas um dia de rentabilidade, o processo torna-se lucrativo para a corretora. Com efeito, não é o dinheiro de somente uma pessoa que fica no float diariamente entre as transações de uma corretora. No acúmulo de vários float´s de muitas contas diferentes, tem-se uma boa quantia para as corretoras.

E, por último, sempre que você realiza a sua aplicação no tesouro direto, você paga uma taxa para a B3 (Bm&Bovespa). O valor desta taxa é de 0,30% ao ano e, no primeiro ano da sua aplicação, as corretoras ficam com uma fração desse percentual.

 

Como escolher a assessoria ou corretora

Escolher uma assessoria ou corretora de investimentos é uma tarefa que precisa ser feita com bastante cuidado. Afinal, é o seu patrimônio que está em jogo. A seguir, listamos algumas dicas sobre os critérios que devem ser considerados antes de se decidir.

Pesquise o histórico da instituição Antes de tudo, é necessário buscar informações sobre a instituição. Pesquise sobre quem está por trás do trabalho e se a empresa é sólida. Depois, procure saber qual é a participação no mercado, os índices de crescimento e os produtos oferecidos.

Com isso, já é possível ter uma ideia de qual é a reputação e o grau de confiabilidade — o que é essencial para os negócios, principalmente por se tratar do seu capital.

Verifique se ela está devidamente regulamentada

Não se esqueça de verificar se a instituição está devidamente regulamentada pelo Banco Central ou pela CVM. Você pode conferir a listagem de instituições autorizadas pela CVM clicando aqui. Isto é fundamental para fugir de fraudes e outros problemas futuros com empresas ou profissionais autônomos que não estão autorizados. Somente com a certificação dos órgãos responsáveis é que estas instituições podem atuar no mercado financeiro.

Verifique o portfólio de produtos oferecidos

A assessoria está ali para indicar os melhores produtos levando em consideração o seu perfil de investidor e os objetivos. É ela que vai ajudar a montar uma carteia adequada e diversificada.

Porém, para que isso seja possível, você também vai precisar optar por uma corretora que ofereça um portfólio bem diversificado, com opções que permitem montar uma boa carteira (minimizando os riscos).

Avalie o atendimento

Entre em contato com as opções que você tem em mente e esclareça todas as dúvidas que tem a respeito do assunto. Nessa fase inicial, é necessário avaliar a qualidade do atendimento que é prestado. Observe se as respostas vêm com agilidade e se existe uma equipe disponível para auxiliar você sempre que necessário.

Pense que se nesse primeiro momento o trabalho já se mostra ineficiente, imagine depois que você já tiver se tornado cliente. Se for assim, fica difícil confiar que será um serviço sério e comprometido, não acha?

Busque a opinião de outros clientes

Com uma pesquisa rápida na internet, você consegue ver as avaliações que os outros clientes fizeram sobre o serviço prestado. Da mesma forma, é possível identificar os principais motivos de reclamação e se eles são muito recorrentes.

Essa análise também é uma excelente forma de avaliar a qualidade do atendimento oferecido. Porém, do ponto de vista de quem já está lá dentro. Será que vale a pena confiar o seu dinheiro a uma instituição cujos clientes estão insatisfeitos?

Qual é a melhor corretora de investimentos?

Algumas informações são muito importantes para fazermos uma avaliação de uma correta de investimentos. Por exemplo:

· Ela está devidamente registrada pelos órgãos competentes? · Tem o selo CETIP Certifica?

· Possui os certificados da B3? Confira na lista.

· É habilitada para operar no Tesouro Direto? Descubra clicando aqui.

· Quais as taxas dos serviços oferecidos?

· Ela tem opções satisfatórias de produtos para a sua carteira?

· Ela oferece conteúdo de qualidade para auxiliar seus investidores?

 

Diferenciais da Valor Investimentos

A Valor Investimentos é uma boutique financeira que está há mais de 16 anos no mercado e conta com uma base de mais de 23 mil clientes. Atualmente, conta com 5 unidades em pontos diferentes do Brasil, o que permite um atendimento presencial em diversos locais.

 

Para oferecer um serviço de qualidade e satisfazer seus clientes, ela conta com profissionais especializados com vasto conhecimento sobre o mercado financeiro e entendimento dos mais variados produtos negociados.

Ela também disponibiliza atendimento exclusivo e um acompanhamento extenso com os investidores, tornando o relacionamento ainda mais próximo. Com tanta experiência no mercado, busca oferecer os melhores produtos de acordo com as necessidades e objetivos dos clientes.

Ficou clara qual é a diferença entre a corretora e a assessoria de investimentos? Agora, está mais fácil saber a qual instituição recorrer para obter orientações sobre os melhores investimentos para a sua carteira. E, depois, em qual você deve fazer as operações de compra e venda dos ativos.

Quer entender um pouco mais sobre esse trabalho e como ele pode ajudar você a potencializar os resultados dos seus investimentos? Então, entre em contato conosco  e converse com um de nossos especialistas agora mesmo!

Posts relacionados
Educação Financeira

3 Motivos para contar com uma assessoria de investimentos em 2021!

2 Minutos de leitura
Para muitos, a chegada de um novo ano traz consigo a esperança de uma vida financeira mais organizada e frutífera. Essa ideia…
Educação Financeira

Assessoria de investimentos: conheça a Valor Investimentos

8 Minutos de leitura
 Uma assessoria de investimentos é um serviço voltado para orientar os clientes a respeito dos melhores investimentos disponíveis no mercado financeiro. Isso…
Educação Financeira

Vai investir? Então conheça 7 primeiros passos para fazer seus investimentos!

5 Minutos de leitura
Muitos brasileiros estão começando a fazer os seus primeiros investimentos. Esse pode ser um bom caminho para a sua vida financeira, já…