Análise & Opinião

Do lazer à saúde mental: por que cultivar um hobby faz bem?

4 Minutos de leitura
Do lazer a saude mental por que cultivar um hobby faz bem Do lazer à saúde mental: por que cultivar um hobby faz bem?

Em uma rotina intensa, todas as atividades parecem precisar ter uma utilidade. Mas você já pensou em fazer o que gosta, simplesmente pelo prazer que isso proporciona? Ter um hobby é uma forma de recarregar as energias e encontrar mais satisfação no cotidiano.

Muito além de mera recreação, o hobby é uma forma de cultivar a saúde mental — que é essencial para uma vida plena. Apesar de ter o foco na diversão, essa experiência também pode contribuir com a sua vida profissional e com os investimentos.

Neste artigo, você saberá mais sobre o que é e quais os benefícios de ter um hobby. Acompanhe!

O que é ter um hobby?

Hobby é uma expressão da língua inglesa que pode ser traduzida como passatempo. Mas, além de ser uma forma de passar o tempo, ele se refere a ações que proporcionam prazer e estão fora da rotina de obrigações.

É preciso pensar que existem atividades que podem ser executadas por lazer para algumas pessoas, enquanto para outras representam sua profissão. Nesse contexto, a forma de lidar com a prática é diferente.

Geralmente o hobby não está relacionado ao retorno financeiro, mas não existe impedimento de obter ganhos a partir dele. Por exemplo, uma pessoa que tem como passatempo fazer crochê pode vender suas peças, sem tornar isso a sua profissão.

Quais os principais tipos de hobbies?

Os hobbies costumam estar relacionados ao perfil pessoal e podem ou não ser enriquecedores intelectualmente. Eles ajudam a descobrir ou desenvolver habilidades e são muito importantes para o bem-estar. Alguns passatempos frequentes são:

  • tocar um instrumento;
  • pintar;
  • pedalar;
  • ler;
  • viajar;
  • escrever;
  • aprender idiomas;
  • nadar;
  • pescar;
  • ir a shows;
  • jogar tênis;
  • cozinhar;
  • dançar.

Qual a importância de ter um hobby?

A dedicação ao trabalho e às conquistas pessoais é importante para se desenvolver, mas também é preciso considerar as outras dimensões da sua existência. Atividades físicas, experiências culturais e artísticas e vivências puramente recreativas exercem papéis importantes para a qualidade de vida.

Esses momentos prazerosos são necessários para aliviar o estresse e trazer mais satisfação, por exemplo. Durante experiências agradáveis, os níveis de endorfina no nosso corpo se elevam. Esse é um hormônio relacionado ao bem-estar, que proporciona a sensação de felicidade e disposição.

Ademais, ter um passatempo incentiva outros aspectos da vida. Em situações desafiadoras no trabalho, por exemplo, ter uma fuga em uma atividade agradável permite acalmar a mente e retomar os compromissos com mais energia.

O hobby também pode proporcionar novas perspectivas e ideias para solucionar os problemas. Da mesma forma, incluir os momentos de lazer em sua rotina fortalece as relações sociais, que são excelentes para o aprendizado e a motivação.

Por fim, cabe ainda ressaltar que o hobby é um momento de conexão consigo. Muitas pessoas reconhecem a importância do autocuidado, porém, esse conceito ainda é muito associado a práticas diretamente relacionadas ao aspecto físico.

No entanto, reservar um tempo para se cuidar emocionalmente também é uma forma de preservar a saúde física e mental. Ao se reconectar com as fontes de alegria, você se reenergiza e encontra a motivação para continuar se desenvolvendo em outras áreas da vida.

Qual a relação entre o hobby e seus investimentos?

Ao começar a investir, as pessoas se deparam com o conceito de perfil de investidor, que é essencial para orientar as escolhas dos ativos. Ele indica a tolerância ao risco, mas também se relaciona com aspectos emocionais que estão ligados às decisões financeiras.

Nesse sentido, o autoconhecimento é fundamental para ter um comportamento assertivo em diversos setores, inclusive nos investimentos. Para construir uma estratégia eficiente, é necessário identificar seus objetivos, entender as expectativas e reconhecer a própria instabilidade.

Com isso, podemos fazer a relação entre investimentos e hobby. Ter um passatempo estimula a autodescoberta — essencial para investir bem. Do mesmo modo, muitas atividades favorecem habilidades como foco e concentração, que podem ser usadas no mercado financeiro.

Além disso, para algumas pessoas, desenvolver a educação financeira pode ser um hobby. Isso se a tarefa for uma experiência prazerosa, e não uma grande dificuldade.

Também é relevante mencionar que a redução do estresse exerce uma influência positiva na hora de realizar bons investimentos, pois proporciona um comportamento mais racional.

Como escolher um hobby agora mesmo?

Após conhecer mais sobre a importância e os benefícios de ter um hobby, o próximo passo é saber como encontrar uma atividade que seja prazerosa para a sua rotina.

Veja dicas para escolher o seu passatempo!

Perceba suas aptidões

É muito frequente que as pessoas tenham talentos que não foram explorados ou ficaram de lado por não se relacionarem com os caminhos profissionais. Essas aptidões são uma pista para encontrar um hobby.

Observe os aspectos nos quais você se destaca e veja quais são as atividades relacionadas a eles. Por outro lado, também é possível escolher uma prática na qual você tem dificuldade — para estimular novas capacidades.

Observe os seus interesses

Os interesses pessoais são outros pontos relevantes para a escolha de um hobby. Não tenha medo de ousar em experiências diferentes e que fujam do óbvio. O importante é elas respeitarem a sua personalidade.

Considere, ainda, que os hobbies podem ser mais simples do que parecem. Se, por exemplo, você gosta de música, mas não tem interesse em tocar um instrumento, pode dedicar tempo a ouvir novos artistas, conhecer discografias e descobrir as biografias dos músicos que aprecia.

Retome atividades que abandonou

É possível que você já tenha iniciado atividades e por algum motivo tenha interrompido. Tente se lembrar dessas experiências e perceba quais ainda fazem sentido e você gostaria de retomar. Esse pode ser um bom caminho para encontrar o seu passatempo.

Determine horários para o hobby

A escolha de uma atividade é importante, mas para que ela se torne um hobby é necessário ter constância. Muitas fontes de prazer são abandonadas por falta de tempo para se dedicar. Então uma dica importante para ter um novo passatempo é reservar um horário para ele em sua rotina.

Entendeu a importância de ter um hobby para a sua saúde mental e bem-estar? Encontre atividades prazerosas e aproveite os momentos de autocuidado, pois eles são indispensáveis para a sua qualidade de vida!

As informações deste texto ajudaram você? Então curta a nossa página no Facebook e confira outras dicas!

105 posts

Sobre o autor
Thiago Goulart é o Editor da Vai Investir e do podcast Valor de Mercado. Adora praticar tênis, ler, escutar música e estar na presença de amigos e família. Graduado em Letras pela UFES e em Jornalismo pela PUC-SP, está se tornando também especialista em finanças com o MBA no tema pela PUC- RS. Com uma longa carreira em sala de aula, desenvolveu a habilidade e sensibilidade para conectar pessoas a conhecimentos. Hoje, aplica essa experiência de maneira mais específica para o mercado financeiro, por quase 3 anos sendo o principal responsável pelo desenvolvimento e curadoria de conteúdo para a Valor Investimentos e Vai Investir.
Artigos
Posts relacionados
Análise & Opinião

Como se planejar para o Lollapalooza 2022

3 Minutos de leitura
Análise & OpiniãoRenda Fixa

Renda complementar com aplicações em renda fixa

1 Minutos de leitura
Análise & OpiniãoAprenda a Investir

Como economizar na compra de materiais escolares

3 Minutos de leitura
×
Aprenda a InvestirAnálise & Opinião

Você sabe tomar decisão?