FinançasNotícias

Dólar avança com influência externa e cautela doméstica

1 Minutos de leitura
O dólar conserva alta leve nos negócios na manhã desta segunda-feira, 10, tendo atingido máximas a R$ 5,66 no mercado à vista e R$ 5,68 no futuro. O fortalecimento da moeda norte-americana ocorre em sintonia com a tendência internacional, mas operadores afirmam que a cautela com questões domésticas também pesa na decisão do investidor de manter posições defensivas em moeda estrangeira.

A segunda-feira é de agenda escassa no Brasil e no exterior, o que mantém o mercado de câmbio em compasso de espera por indicadores e eventos dos próximos dias. Permanece firme no radar a política monetária dos Estados Unidos e as questões internas relacionadas ao quadro fiscal e às eleições.

“Enquanto acompanha o cenário americano, onde provavelmente teremos aumento de juros antes do esperado, o investidor monitora os passos do presidente Jair Bolsonaro na questão dos servidores e também as sinalizações econômicas de integrantes do PT, outro fator que trouxe cautela para o mercado nos últimos”, disse um operador, lembrando que o dólar teve queda na sexta-feira e que parte desse recuo está sendo recomposta hoje.

Às 11h01, o dólar à vista era cotado a R$ 5,6709, em alta de 0,70%. O futuro de fevereiro subia 0,60%, aos R$ 5,6990.