Investimentos

Investimentos

Quanto rende um milhão na poupança?

Por

Em 2022 o rendimento da poupança e a inflação estão em bastante conflito. E isso está gerando muita dúvida sobre qual o melhor caminho para investir.

Qual o rendimento da poupança em 2022?

A taxa Selic está em 12,75% e a taxa de juros da poupança em 6,17% ao ano / 0,5% ao mês + TR.

A rentabilidade da poupança é a mesma em qualquer banco que ofereça esse tipo de aplicação, não importa o tipo de conta.

Então o rendimento ao ano, a partir dessa taxa, fica em torno de R$ 61.700,00 ao ano.

É necessário levar em consideração também o fato de que, conforme a inflação sobe, os preços e produtos sobem também, portanto, o poder de compra diminui.

Quais as Vantagens e Desvantagens

De acordo com as opções de investimento atuais, mesmo que os juros da poupança e do rendimento sejam inferiores a quase todas as opções de renda fixa, ela tem algumas facilidades, como a ausência de IOF e Imposto de Renda até certa faixa.

Vantagens de investir na poupança:

  • Segurança pelo resguardo do Fundo Garantidor de Crédito (FGC);
  • Facilidade de aplicação;
  • Rapidez de resgate;
  • Isenção de Imposto de Renda para rendimentos anuais de até R$ 40.000,00;
  • Isenção de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

Desvantagens de investir na poupança:

  • Rentabilidade abaixo da inflação;
  • Juros da poupança só se contabilizam por aniversário, ou seja, se fizer uma aplicação no dia 10 de abril e outra no dia 20 de abril, a próxima terá rendimento no dia 10 enquanto a outra irá render no dia 20.

Investimentos que rendem mais que a poupança

Títulos em renda fixa

Renda fixa é quando você empresta o seu dinheiro em troca de uma remuneração, ou seja, o valor emprestado é corrigido por um juro. Essa rentabilidade vai variar de acordo com as condições do empréstimo, como o prazo e o risco envolvido.

A renda fixa ocupa um lugar importante na carteira do investidor, válido tanto para quem está começando a investir e tem um perfil conservador, como também para investidores com perfis mais agressivos que possuem um entendimento mais profundo sobre os objetivos do investimento e como alcançá-los.

CDI ou CDB

O Certificado de Depósito Interbancário (CDI) é um empréstimo entre os bancos e o tipo de operação possui um indicador próprio para remunerar esse e outros investimentos.

O rendimento da taxa CDI em 2020 fechou em 0,16% em dezembro, ou seja, de janeiro a dezembro, o CDI 2020 acumulado foi de 2,75%. Portanto, 100% do CDI nesse período é equivalente a 2,75%. A taxa CDI irá variar de acordo com a taxa Selic e pode ser:

  • pós-fixada: varia de acordo com o mercado;
  • prefixada: taxa de retorno determinada e sem relação imediata com a taxa CDI.

O Certificado de Depósito Bancário (CDB) é um título emitido por instituições bancárias. O que acontece é que você empresta dinheiro ao banco e recebe juros por isso.

O CDB possui baixo risco de investimento e sua promessa é a rentabilidade, além de possuir garantia do Fundo Garantidor de Créditos. Existe um valor mínimo do título, o que dependendo do perfil do investidor pode apresentar uma barreira. A rentabilidade desse investimento pode ser:

  • prefixada: taxa definida com percentual conhecido antes do aporte;
  • pós-fixada: taxa baseada em um indicador do mercado, como o CDI;
  • híbrida: taxa prefixada acrescentada a um índice, como o IPCA.

É preciso um objetivo muito claro na hora de escolher entre CDI e CDB. Para avaliar qual o melhor para o seu perfil, fale com um dos especialistas da Valor Investimentos.

Tesouro Direto

O Tesouro Direto é um programa do Governo Federal que negocia títulos do Tesouro Nacional. Então o valor é emprestado ao Estado e se recebe juros pelo investimento.

Essas aplicações são consideradas as mais seguras e há possibilidade de resgate a qualquer momento. Confira as principais alternativas:

  • Tesouro Selic: rendimento associado à taxa Selic;
  • Tesouro prefixado: rendimento definido em um percentual fixo;
  • Tesouro IPCA+: a rentabilidade é atrelada ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA) somada a um percentual fixo.

Ações na Bolsa de Valores

Investir em ações costuma ser arriscado e isso chama a atenção de investidores pela possibilidade de ganhos. Para investimentos sérios na bolsa é preciso um conhecimento aprofundado ou uma assessoria para analisar os riscos o tempo todo, pois quanto maior o risco, maior a possibilidade de perda e de ganho.

 Conclusões e como começar a investir

Com as informações acima já dá para compreender como alguns tipos de investimento podem trazer retorno e onde investir um milhão de reais? A resposta não é simples, é preciso uma análise aprofundada e um direcionamento para a carteira de investimentos de acordo com o perfil, metas e objetivos.

Na Valor Investimentos você encontra assessores que atendem o Brasil inteiro. Entre em contato com um de nossos especialistas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.