FinançasNotícias

Bolsas da Ásia fecham na maioria em alta, mas seguem com foco em juros dos EUA

1 Minutos de leitura
As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em alta nesta segunda-feira, 10, com investidores à espera de novos dados da inflação dos EUA que podem ser determinantes para a trajetória dos juros básicos americanos.

Na China continental, o índice Xangai Composto subiu 0,39%, a 3.593,52 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 0,59%, a 2.467,32 pontos, ajudados pelo bom desempenho de ações do setor de energia.

Em outras partes da Ásia, o Hang Seng teve alta de 1,08% em Hong Kong, a 23.746,54 pontos, e o Taiex se valorizou 0,38% em Taiwan, a 18.239,38 pontos. Por outro lado, o sul-coreano Kospi caiu 0,95% em Seul, a 2.926,72 pontos. No Japão, um feriado manteve a Bolsa de Tóquio fechada.

Em Hong Kong, destaque para a ação da incorporadora chinesa Shimao Group, que saltou mais de 19% após notícia de que a empresa está tentando vender projetos imobiliários num momento de dificuldades financeiras. Na semana passada, uma subsidiária da Shimao falhou no pagamento de um empréstimo fiduciário.

Investidores da região asiática e de outras partes do mundo estão na expectativa para novos dados da inflação ao consumidor (CPI) dos EUA, que serão divulgados na quarta-feira (12) e podem selar o destino da política monetária dos EUA. Na semana passada, o Fed sinalizou que poderá acelerar planos de elevar juros, diante de pressões inflacionárias persistentes e melhoras no mercado de trabalho.

Na Oceania, a bolsa australiana encerrou o pregão de hoje com baixa apenas marginal. O S&P/ASX 200 recuou 0,08% em Sydney, a 7.447,10 pontos. Com informações da Dow Jones Newswires.