Renda Fixa

Conheça o Tesouro IPCA: o título público atrelado à inflação

3 Minutos de leitura
coins 1523383 1280 Conheça o Tesouro IPCA: o título público atrelado à inflação

O Tesouro IPCA é uma das alternativas de investimentos que o mercado financeiro proporciona. Sendo o mais popular do Brasil, esse tipo de índice se destaca por contar com características que nenhum outro possui. Por ser considerado um investimento de longo prazo, é visto como um dos mais seguros do mercado.

Talvez você conheça esse tipo de investimento como Tesouro IPCA+ ou até NTN-B (Nota do Tesouro Nacional-Série B). Essa última opção costuma ser a mais comum entre os investidores, tendo em vista que esse título era chamado dessa forma até pouco tempo atrás. Ele nada mais é que um título público do Tesouro Direto.

Se você se interessou pelo tema e quer saber mais sobre ele, fica tranquilo! A equipe da Vai Investir separou um artigo bem bacana para sanar todas suas dúvidas. Para isso, é só continuar a leitura!

O que é Tesouro IPCA?

Como dito anteriormente, ele é considerado um título público do Tesouro Direto. É correto afirmar que dentro desse segmento existem diversos títulos para investir, sendo o principal deles o Tesouro IPCA.

A mudança de nome de NTN-B para Tesouro IPCA foi uma alternativa do governo de tornar o acesso a esse tipo de investimento mais fácil, uma vez que o novo nome ganha um apelo mais informativo e descritivo do que seja o produto. Mas você pode estar se perguntando “como assim?”. Simples, ao denominar esse tipo de título como Tesouro IPCA, fica claro de onde ele vem e como ele funciona.

Esse tipo de investimento surge do Tesouro Direto e tem relação imediata com a inflação (IPCA). Este tipo de índice sempre se destacou em território brasileiro. Em um país no qual a inflação é elevada, é difícil esperar algo diferente dos investidores que não seja aplicar seu dinheiro em títulos que estão atrelados à inflação. Isso significa que todos esses investimentos possuem rendimentos diretamente ligados ao IPCA.

Quais as vantagens desse tipo de título?

O Tesouro IPCA é o único título público que garante um rendimento real acima da inflação. Ou seja, se você tiver uma rentabilidade no seu investimento de 10% e a inflação estiver em 3%, isso significa que seu rendimento real foi de 7%.  Vale destacar que, ao investir nesse tipo de título, você só ficará sabendo o quanto adquiriu com o investimento após o vencimento. Isso porque ele acompanha a variação do IPCA ao longo dos anos.

Outro ponto de destaque é sua rentabilidade fixa. Ela se dá por uma taxa contratada na compra do título somada à variação da inflação até o vencimento. Esse tipo de rentabilidade possibilita que seu dinheiro renda acima da inflação, garantindo o seu poder de compra.

Além disso, seu fluxo de pagamento é considerado simples. Ou seja, você coloca um capital inicial e no final recebe esse valor investido mais os juros rendidos durante o período. Isso se você não vender seu título antecipadamente.

Quando investir e por quê?

O Tesouro IPCA é mais indicado para a aposentadoria, uma vez que ele possui vencimento mais longo que os demais. Além disso, é interessante para pessoas que tenham objetivos a médio e longo prazo e consigam encontrar um ponto de equilíbrio entre a data em que precisarão do dinheiro e a data do vencimento do título.

Não existe uma data certa para investir nesse tipo de título. O indicado é que você analise quando precisará do dinheiro e alinhe isso com a data de vencimento. Caso precise vendê-lo antes do prazo estipulado, o Tesouro Nacional recompra pelo preço de mercado. Mas atenção! Esse procedimento pode fazer você perder dinheiro. Por isso, o indicado é que você carregue o Tesouro IPCA até o vencimento para não perder o poder de compra.

No site do Tesouro Direto você encontra diferentes títulos voltados ao Tesouro IPCA, com as mais diversas datas de vencimento. Quanto mais longo o vencimento do título, mais ele oscilará. Isso se deve ao risco de mercado, que impacta diretamente a volatilidade dos títulos mais longos.

Conheça o Tesouro IPCA com juros semestrais

Diferente do observado com o Tesouro IPCA Normal, nesse caso você receberá os juros a cada seis meses. O fluxo de pagamento acontece da seguinte forma: a cada seis meses, após ter feito o investimento no título, vai cair na sua conta da corretora um cupom de juros já descontado do imposto de renda.

Vale ressaltar que esse tipo de investimento não é indicado para quem está em processo de acumulação de capital, e sim para aqueles que precisam receber esse fluxo de pagamento a cada seis meses. Então, se você não precisa, o recomendado é que não invista nesse modelo para que não sofra com o desconto do imposto de renda a cada seis meses.

No modelo tradicional, o imposto só é descontado no momento do vencimento. Durante todo o período anterior, o dinheiro rentabiliza com base nos juros sobre juros.

Conclusão

Agora que você já sabe o que é e como funciona o Tesouro IPCA, que tal iniciar um investimento? Se ainda está em dúvida ou não se sente seguro, fique tranquilo que a equipa da Vai Investir te ajuda. Entre em contato com um dos nossos especialistas e tire a sua dúvida.

×
Análise & OpiniãoAprenda a Investir

Entenda o mercado de carros por assinatura