ColunaNotícias

Quem é o homem mais rico do mundo? O que faz e como investe?

5 Minutos de leitura

Os empresários e investidores mais bem-sucedidos do mundo têm ao menos um ponto em comum: um patrimônio elevado, que faz com que eles apareçam em relações com as maiores fortunas. Mas você sabe quem é o homem mais rico do mundo?

Essa posição costuma ser apresentada pela revista Forbes, que mapeia o total acumulado pelos mais ricos ao longo do ano. Porém, mais que apenas conhecer quem está no topo da lista, é interessante entender a estratégia de sucesso que está por trás dos resultados.

A seguir, descubra quem tem a maior fortuna do mundo e veja quais investimentos ajudam no alcance de performance!

Quem é o homem mais rico do mundo?

Todos os anos, há uma expectativa sobre a divulgação do ranking com as pessoas mais ricas do planeta. Segundo a classificação da Forbes, o homem mais rico em 2021 é Jeff Bezos, com uma fortuna estimada de mais de 180 bilhões de dólares, no começo de junho do mesmo ano.

No entanto, Bezos já viu seu patrimônio chegar a mais de 200 bilhões de dólares, que representam pouco mais de 1,1 trilhão de reais — considerando a cotação do dólar em 2021.

Mas, afinal, quem é Jeff Bezos? O norte-americano é o dono da Amazon, empresa varejista global e que atua no e-commerce em diversos países. Por meio de uma estratégia de negócios e de investimento, em 2018, ele foi classificado, pela primeira vez, o homem mais rico do mundo.

Qual é a trajetória de Jeff Bezos?

Mais do que deter a maior fortuna entre todos os bilionários do planeta, Jeff Bezos foi considerado o homem mais rico da História Moderna. Isso se deve ao crescimento exponencial do seu patrimônio — mas nem sempre foi assim.

Em 1986, ele se formou em Engenharia Elétrica e Ciências Computacionais. Seu primeiro emprego foi em uma startup focada no comércio internacional, que criou as bases para seu futuro negócio. Após passar por outras empresas, no final de 1993 ele decidiu criar uma livraria online.

Decidido a investir tudo em seu novo empreendimento, ele deixou o cargo de vice-presidente que ocupava com o objetivo de criar a Amazon. Com 300 mil dólares investidos por seus pais, Bezos começou a captação de outros investidores e, no início, vendia apenas livros.

A evolução da companhia aconteceu ao longo dos anos, com diversificação dos produtos e das áreas de atuação. Desde então, Bezos continuou investindo e atuando com foco em negócios. No entanto, em 2021 anunciou que se retiraria da posição de presidente da Amazon até o final daquele ano.

Como surgiu a Amazon?

Embora seja uma das principais empresas varejistas do mundo, a Amazon percorreu um extenso caminho até atingir o patamar atual. O funcionamento da empresa teve início em 1994, na garagem de Bezos.

A internet também dava seus primeiros passos nesse momento e Bezos aproveitou para começar a desenvolver o conceito de comércio eletrônico.

Ao longo dos anos, a Amazon evoluiu em relação aos produtos que oferece em seu modelo de negócio. Com armazéns espalhados pelos Estados Unidos, a empresa assumiu o posto de referência de logística e de comércio.

Com a expansão das atividades em nível global, o negócio pôde crescer ainda mais. Em 2013, a Amazon foi considerada a maior varejista online do planeta. Depois, em 2018, tornou-se a segunda empresa da história, após a Apple, a conquistar uma capitalização superior a 1 trilhão de dólares.

Quais são os outros homens mais ricos do mundo?

Embora o dono da Amazon venha se consolidando como o detentor da maior fortuna no mundo, a posição não está sempre garantida. Dependendo das condições de mercado, pode acontecer de ele perder a posição — ainda que temporariamente — para outros homens mais ricos do mundo.

No final de maio de 2021, por exemplo, Bernard Arnault chegou ao topo da lista dos mais ricos. Arnault é dono do grupo que controla a marca de luxo Louis Vuitton e viu seu patrimônio superar o de Bezos por poucas horas.

Mesmo com a sua movimentação pelo ranking, Arnault também pode servir de inspiração quanto à administração de fortuna e realização de investimentos.

Outros nomes que aparecem na lista são o de Elon Musk (que também tomou brevemente o posto de Bezos), Bill Gates, Mark Zuckerberg, Warren Buffett, entre outros. Já no Brasil, o homem mais rico é Jorge Paulo Lemann, com uma fortuna estimada em 16,9 bilhões de dólares.

Como Jeff Bezos se tornou o homem mais rico do mundo?

Além de saber quem é o homem mais rico do mundo, é interessante pensar em como essa fortuna se constitui. Na prática, boa parte dos resultados de Bezos advém do fato de ele deter 11% das ações em circulação da Amazon.

Porém, ele não se limita ao seu mais bem-sucedido empreendimento. Pensando na varejista e em seus planos, Bezos costuma adquirir empresas que demonstram ser boas oportunidades.

A Amazon já se fundiu com o Whole Foods Market e já comprou o Twitch, por exemplo. Bezos também é dono do jornal The Washington Post, comprou a empresa desenvolvedora da Alexa — assistente virtual da Amazon — e fez o mesmo com muitos outros negócios.

Além disso, o patrimônio líquido de Jeff Bezos também é formado pelas decisões tomadas com apoio do Bezos Expeditions. Ela funciona como venture capital e investe em empresas que apresentam bom potencial de resultados.

Contudo, Bezos, diferentemente de outros investidores, costuma focar no investimento direto nas empresas, atuando como investidor-anjo, por exemplo. Isso dá a ele a oportunidade de alocar seus recursos, além de participar da gestão e da tomada de decisão dos negócios.

O que você e o homem mais rico do mundo podem ter em comum?

Agora que conhece quem é o homem mais rico do mundo e como ele amplia sua fortuna, já parou para pensar que vocês podem ter pontos em comum? Mesmo com a diferença de valores, há mais familiaridades do que parece.

Se você já investe ou pretende começar a investir em boas empresas, por exemplo, pode ganhar dinheiro em uma estratégia semelhante à utilizada por Jeff Bezos. Se não quiser investir diretamente na criação de negócios, o mercado de ações ou alguns fundos de investimentos podem ajudar.

Ainda, existem outras estratégias que podem ser utilizadas pelos investidores. Logo, o segredo está em buscar boas oportunidades, fazendo análises criteriosas e que ajudem a reconhecer o potencial de cada investimento. Ainda, considere o seu perfil e objetivos para decisões acertadas.

Agora que você sabe quem é o homem mais rico do mundo, lembre-se de também considerar as estratégias de investimento que são utilizadas por ele. Assim, você tem a chance de aplicar parte dos conceitos em sua própria abordagem para buscar os resultados desejados.

Quer conhecer mais investidores e estratégias de investimentos? Acompanhe nossas postagens no Instagram, Facebook, Twitter e Youtube!

Posts relacionados
AçõesNotícias

Commodities e agronegócio: 8 empresas de destaque da bolsa brasileira

8 Minutos de leitura
O Brasil é um dos maiores produtores e exportadores de commodities do planeta. Não é por acaso que a bolsa de valores…
Coluna

O Recrudescimento da Curva

3 Minutos de leitura
Por Pablo Alencar* A primeira vez que me deparei com a seguinte pergunta foi em uma prova de economia na faculdade: explique…
Coluna

Da conexão entre gerações ao sucesso de atendimento ao cliente

3 Minutos de leitura
Por Sandro Jose Ribeiro * Ao longo do percurso de vida de cada um, iniciamos a nossa trajetória profissional ainda estudantes. Um…