Educação FinanceiraSelic

Relação entre Taxa Selic e Inflação (IPCA)

2 Minutos de leitura

É muito próxima a relação entre a Taxa Selic e a Inflação. A princípio devemos saber que a Taxa Selic também é conhecida como taxa básica de juros, ou seja, é ela quem influencia e muito o nosso cotidiano e a economia brasileira.

O COPOM (Comitê de Política Monetária) tem sempre o desafio de estabelecer, de tempos em tempos, a taxa de equilíbrio que permite a economia “respirar de forma leve”.

No entanto, quando há um desequilíbrio na Taxa Selic, este fato tende a provocar ou um esfriamento demais (desaceleração) ou um aquecimento demais (aceleração) na economia brasileira. A inflação é exatamente isso.

Qual é a forma de medir a inflação?

A forma oficial de medir a inflação é por meio do IPCA (Índice de Preço ao Consumidor Amplo), índice realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) – órgão do governo que acompanha periodicamente o valor de uma cesta de produtos. Esta cesta de produtos não é necessariamente a cesta básica de alimentos, mas inclui também serviços prestados, conta de energia, ou seja, uma série de produtos que estão disponíveis no próprio site do IBGE.

O IPCA tem o porquê de ser relevante, pois é o indicador mais amplo da evolução dos preços, medindo a inflação no Brasil. Muitos dos investimentos que fazemos estão atrelados a esse índice. Teríamos, por exemplo, títulos públicos, como o Tesouro IPCA, vinculados à variação da inflação, além de uma taxa quando se contrata no momento do investimento.

Neste caso, se fizermos um investimento de longo prazo, a grande preocupação não deve ser com a Taxa Selic, mas a inflação via IPCA, já que a única coisa que poderia tirar o seu poder de compra no futuro é a própria inflação. O Tesouro IPCA, por exemplo, irá acumular ao longo de sua história de investimento, o valor que foi investido mais a rentabilidade acima da inflação. Caso a inflação dispare, seu ganho também dispara. Porém se a inflação for muito baixa, seus ganhos também serão baixos.

Na prática, para quem faz investimentos de longo prazo ou para quem faz um planejamento para aposentadoria, o Tesouro IPCA é uma boa referência.

 

Quer saber mais?
Veja aqui qual a relação entre Selic e CDI?

Posts relacionados
Educação FinanceiraGuias de Investimentos

Planejamento Financeiro: tudo o que você precisa saber para fazer o seu!

11 Minutos de leitura
O seu dinheiro pode ser um grande aliado na conquista de objetivos e no alcance de novas oportunidades. Porém, isso só é…
Educação Financeira

Os 10 principais erros de quem investe 100 mil reais

5 Minutos de leitura
O mercado de investimento tem ganhado muito destaque nos últimos anos em razão do número crescente de pessoas que vem alcançando ótimos…
Renda FixaSelic

Renda fixa e a Selic: entenda o impacto da taxa de juros nos investimentos

4 Minutos de leitura
Você sabe qual é a relação da taxa Selic nos investimentos de renda fixa? As mudanças no cenário econômico podem afetar esse…