Análise & Opinião

Um investidor, um lutador e um dos maiores tenistas do mundo

3 Minutos de leitura
boxing gf5739887f 1280 Um investidor, um lutador e um dos maiores tenistas do mundo

Assistindo ao título do lutador Glover Teixeira, campeão mundial do UFC aos 42 anos de idade, percebi que em sua entrevista após a conquista, veio à cabeça o quanto precisamos nos conhecer e ter certeza das escolhas para conseguirmos superar obstáculos inimagináveis. Um dos segredos para performar em alto nível e, ainda mais com a sua idade, Glover dorme por volta de 14 horas por dia.

Dorme não. Como disse: “Eu não consigo dormir por 14 horas e não é bom ficar na cama por esse tempo. O corpo dói, mas sei que devo fazer, então eu faço!” E fez! O que ninguém havia feito até então, ou seja, tornou-se o campeão mais velho da história do esporte.

O tenista? Sim. O nome dele é Novak Djokovic. Depois de travar inúmeras batalhas nas quadras e de se ausentar do circuito por lesões, voltou ao topo do mundo e revelou: “Acredite em suas habilidades.  Sei que treinei bem, eu sei que estou bem e acredito em mim. Aconteça o que acontecer nesse ponto, eu me recupero e sigo para o próximo jogo.” Novak Djokovic provou repetidamente a importância da força mental.

Três grandes títulos: na final de Wimbledon 2019, o sérvio defendeu contra Roger Federer no quinto set, dois match points a favor do suíço. E ganhou o título. No quarto set da final do US Open no início de 2020, parecia que Dominic Thiem poderia vencer o então número um do mundo. Djokovic virou o jogo. E, por último, em Dubai. O derrotado foi Gael Monfils, quem Djokovic repetidamente levou ao desespero. Também nesta partida, Djoko eliminou duas chances de vencer a partida do seu adversário.

O que Glover Teixeira e Novak Djokovic podem ensinar para um investidor?

No livro A Psicologia Financeira, Morgan Housel traz alguns ensinamentos e, logo na abertura, cita:

“A economia é guiada pelo comportamento das pessoas. Para entender por que investidores se desfazem de ações em meio a uma bear market (um momento de queda acentuada), não é preciso estudar a matemática dos retornos esperados, mas, sim, pensar na agonia que é olhar para a sua família e se perguntar se os investimentos não estão colocando em risco o futuro dela.”

Ou seja, para ser um investidor de sucesso, você precisa primeiro se conhecer como o Glover Teixeira. Qual o seu perfil de investidor? O que você precisa fazer nas suas finanças pessoais para ter o êxito esperado? E após isso, vem uma das partes mais importantes:

A mentalidade de um investidor de sucesso.

A força mental do tenista que não pode duvidar de si no ponto seguinte. A força mental do campeão que faz o que tem que ser para performar em alto nível. A força mental do investidor em meio a um cenário de desafios na economia interna num mundo em pandemia com diversos aspectos relevantes que influenciam diretamente a sua vida financeira, as finanças da sua família e também a sua carteira de investimentos com tamanha volatilidade como vemos atualmente.

Mas como desenvolver essa habilidade? A seguir, veja as 5 lições para desenvolver a mentalidade de um investidor de sucesso:

  • Seja fiel ao seu perfil de investidor. Não se force a estar num ambiente desconfortável. Não jogue um jogo em que você não conhece as regras ou que suas habilidades de jogador, te faça ter dúvidas.
  • Não entre no jogo solitário do tenista ou no octógono para lutar sem seus treinadores no córner. Converse com seu assessor de investimentos, pergunte sobre a sua carteira, peça conteúdos relativos a sua posição de investimentos.
  • Controle suas emoções. Saber ganhar e saber perder faz parte do jogo, logo você terá meses de resultados incríveis e outros meses de resultados negativos (carteiras que não são conservadoras, estão expostas as oscilações de resultado). “Foco no próximo ponto”. Investir é jogar um jogo de longo prazo!
  • Cuidado com a ganância! Promessas de grandes retornos num prazo curto, ou até a famosa: “Investe que o retorno é garantido.. 10% por mês” isso não é investimento, é pirâmide.
  • Diversifique! Tenha uma carteira diversificada para ampliar possibilidades de retorno e diluir riscos concentrados. Dificilmente um tenista ganha um jogo só com bolas curtas ou um lutador é campeão só aplicando jabs no seu adversário. Um portfolio completo de acordo com o seu perfil de investimentos, lhe dará uma ampla vantagem em qualquer cenário.

 

Leia tambémA maior habilidade do século 21: autoconhecimento

×
Aprenda a Investir

O que os esportes radicais têm em comum com os investimentos?