NotíciasAnálise & Opinião

5 aplicativos para organizar seu dinheiro

6 Minutos de leitura
Aplicativo 5 aplicativos para organizar seu dinheiro

Manter a vida financeira organizada é quase um imperativo nos dias de hoje. Afinal, quem não quer colocar a cabeça no travesseiro e saber qual rumo seu dinheiro está tomando? Por isso, a gestão de finanças pessoais tende a ser matéria cada vez mais do cotidiano das pessoas.

Além disso, criar o hábito de utilizar a tecnologia para aumentar a nossa educação financeira pode criar alguns ruídos no começo, mas torna-se  automático com o tempo. E há diversos aplicativos desenvolvidos nos últimos anos que facilitam esta tarefa. Antes de mencionar os aplicativos, uma reflexão necessária para os dias atuais.

Associar educação financeira à tecnologia tem sido um importante aliado na compreensão de que administrar bem o dinheiro é um dos aspectos centrais da vida, uma vez que afeta diretamente o seu presente e, principalmente, o seu futuro. Ou seja, isso é determinante para a realização dos sonhos e objetivos sem endividamento.

Seja você um iniciante no mundo do planejamento financeiro ou alguém que já tem conhecimento, mas busca por um maior controle do dinheiro, este artigo é para você.

Neste texto, vamos trazer a tecnologia para perto e apresentaremos 5 aplicativos para economizar e organizar o seu dinheiro. Então, caso tenha interesse em cuidar melhor das suas finanças em qualquer situação, fique por aqui e acompanhe nossas sugestões!

Sumário

Tecnologia aliada ao equilíbrio financeiro

Dicas de aplicativos para economizar dinheiro

1. GuiaBolso

2. Organizze

3. Toshl Finanças

4. Mobilis

5. Google Sheets

Conclusão

giphy 5 aplicativos para organizar seu dinheiro

Tecnologia aliada ao equilíbrio financeiro

Não é preciso dizer que nos últimos 30 anos, a tecnologia transformou as nossas vidas. Se levarmos em conta os avanços consolidados nas restrições de locomoção do ano pandêmico, então é certo que, hoje, dependemos até do saber tecnológico. Especialmente quando pensamos em como os smartphones nos possibilitaram ter o mundo em nossas mãos.

Embora saibamos também que a tecnologia surgiu para facilitar as nossas vidas, ainda há alguns empecilhos para aproveitar ao máximo a sua capacidade de transformar as nossas finanças. Os aplicativos são desenvolvidos de forma que possamos, além de gerenciar o nosso dinheiro, também fazer um orçamento familiar e economizar ao escolher o melhor local para realizar as compras e diversas outras maneiras que a tecnologia pode nos ajudar a termos um plano financeiro holístico.

Leia também | Factfulness e a quarta revolução

A geração millenials, por exemplo, nasceu em um contexto tecnológico, assim o processo de utilizar a tecnologia na educação financeira é mais simples do que para gerações anteriores. Contudo, ávidos por consumo, os millenials têm dificuldades em organizar seus fluxos financeiros, diferentemente dos gerações anteriores.

Por outro lado, começar administrar as finanças quando jovem sempre será uma vantagem, pois você terá a oportunidade de experimentar diversas ferramentas e aplicações que podem te auxiliar na gestão financeira, da forma que melhor se adequar ao seu perfil. Lembrando que a palavra tempo no mundo do investimentos é crucial para planejamentos bem sucedidos.

Seja qual for o seu objetivo, sem controle financeiro será muito difícil atingi-lo. E, caso o atinja, será bem provável que você acabe atolado em dívidas. Falar sobre controle das finanças é ir um pouco além. Uma pessoa que gerencia seu dinheiro sabe que, além de alcançar metas, ele deve servir para proporcionar uma vida tranquila.

Por isso, pessoas bem organizadas financeiramente conseguem montar suas reservas de emergência. Basicamente, a reserva deve cobrir o padrão de vida de um indivíduo por, no mínimo, seis meses.

Isso significa que, caso algum imprevisto aconteça, a pessoa que construiu esta proteção terá de onde tirar dinheiro, garantindo-lhe uma certa tranquilidade financeira.

Veja mais7 Estratégias eficientes de reduzir os riscos da sua carteira de investimentos

Contudo, tanto para criar o colchão financeiro quanto para realizar sonhos é preciso ser cuidadoso com as finanças e dar uma atenção especial ao fluxo de caixa. Afinal de contas, se você gasta mais do que recebe, por exemplo, não tem como ser saudável financeiramente, certo?

Como comentamos, você pode contar com a tecnologia para ajudá-lo nesta tarefa. Por isso, agora veremos alguns aplicativos para economizar dinheiro que poderão ser muito úteis para o seu dia a dia.

Veja mais | A maior habilidade do século 21: autoconhecimento

giphy 5 aplicativos para organizar seu dinheiro

Dicas de aplicativos para economizar dinheiro

Veja, abaixo, os cinco aplicativos que separamos para você:

1. Guiabolso

Este é um aplicativo que ajuda a economizar dinheiro bastante conhecido por várias pessoas. Com ele você consegue controlar o seu fluxo de caixa, pois o app Guiabolso permite o registro de tudo o que entra e sai de suas contas bancárias.

Para isso, basta cadastrar todas as suas contas e a cada gasto ou recebimento o próprio aplicativo faz o registro em categorias – como vestuário, transporte, lazer e alimentação. Assim você consegue saber exatamente para onde seu dinheiro está indo (o aplicativo oferece a visualização também em forma de gráficos).

Dessa maneira, é possível realizar cortes, se for necessário, e utilizar o dinheiro com muito mais sabedoria.

Uma outra função bem interessante do GuiaBolso é que ele permite que você cadastre um objetivo e faça um plano de quanto precisará economizar para conseguir ter dinheiro o suficiente para realizá-lo.

O aplicativo está disponível para Android e IOS.

2. Organizze

Dos aplicativos para economizar dinheiro desta nossa lista, o Organizze é aquele que se propõe a organizar a vida financeira do usuário. Ele permite que a pessoa monitore seus gastos diários e consiga definir melhor suas prioridades e onde precisa economizar.

Este app tem um ponto bem positivo: deixa tudo salvo na nuvem e as informações estão acessíveis tanto em um dispositivo móvel quanto em um computador. Além disso, o Organizze pode ser usado offline e, quando o usuário se conectar a um Wi-Fi, o próprio app transmite as informações para a nuvem.

O Organizze está disponível para Android e IOS.

3. Toshl Finance

Se você procura por aplicativos para economizar dinheiro pensando em orçamento doméstico, esta é uma boa opção. O Toshl Finance ajuda a planejar e analisar receitas e despesas e realizar o orçamento.

Por meio dele, você pode cadastrar as despesas e receitas fixas e as planejadas. É possível também estruturar um orçamento – geralmente familiar – e ir acompanhando quanto falta para atingir o montante estabelecido. Isso ajuda a manter um melhor controle do dinheiro mês após mês.

O app também tem uma funcionalidade que pode ser bastante útil em viagens. Isso porque, enquanto a família viaja, é possível acrescentar despesas e projeções de gastos em outra moeda.

O Toshl Finanças está disponível para Android e IOS.

4. Mobilis

O aplicativo Mobilis se descreve como gerenciador financeiro pessoal fácil de usar, e ele realmente é intuitivo. Por meio dele, o usuário consegue acompanhar suas receitas, despesas, contas a pagar e gastos com cartão de crédito.

Além disso, as finanças podem ser organizadas por metas de gastos de acordo com categorias, permitindo o acompanhamento diário. O aplicativo está disponível para Android e IOS.

5. Google Sheets

Trata-se de um editor online de planilhas do Google. Não é exatamente um aplicativo, mas como você pode utilizar o Google Sheets no seu celular, pode ser uma opção interessante para quem quer ter controle financeiro em mãos e não abre mão da simples e velha – porém útil – planilha.

Dentro do próprio Google Sheets é possível encontrar diversos modelos prontos de planilhas que podem ser facilmente editáveis. Há opções com gráficos que são atualizados automaticamente e que permitem ao usuário uma melhor visualização de onde está sendo gasto o seu dinheiro.

E para quem não gosta de modelos prontos de planilha, o Google Sheets permite também a criação de planilhas.

giphy 5 aplicativos para organizar seu dinheiro

Conclusão

Com essas 5 sugestões de aplicativos para economizar dinheiro você consegue ter um grande aliado nas finanças pessoais e manter um bom fluxo de caixa. Mas não se esqueça que nada acontece sem um esforço.

Independentemente da maneira que você escolha para controle dos gastos diários, se sua vida financeira estiver bagunçada, o aplicativo servirá para que você consiga identificar o que merece atenção e precisa de mudanças.

Caso esteja gastando mais do que ganha, terá que fazer uma análise de como está levando a sua vida e determinar o que poderá sair da sua lista de gastos. Essa análise é bem pessoal e depende de cada um. O importante é não se acomodar e sempre buscar melhorar a sua relação com o dinheiro.

Seja como for, com organização, controle, planejamento e disciplina todos conseguem ser financeiramente saudáveis. E, como nosso objetivo é lhe ajudar nessa jornada, confira um passo a passo para conseguir a tão sonhada saúde financeira e alocação de ativos: estratégia de carteira de investimentos dos bem-sucedidos!

104 posts

Sobre o autor
Thiago Goulart é o Editor da Vai Investir e do podcast Valor de Mercado. Adora praticar tênis, ler, escutar música e estar na presença de amigos e família. Graduado em Letras pela UFES e em Jornalismo pela PUC-SP, está se tornando também especialista em finanças com o MBA no tema pela PUC- RS. Com uma longa carreira em sala de aula, desenvolveu a habilidade e sensibilidade para conectar pessoas a conhecimentos. Hoje, aplica essa experiência de maneira mais específica para o mercado financeiro, por quase 3 anos sendo o principal responsável pelo desenvolvimento e curadoria de conteúdo para a Valor Investimentos e Vai Investir.
Artigos
Posts relacionados
EmpresasNotícias

Cemig: CPI que investiga atos da gestão é prorrogada até fevereiro de 2022

1 Minutos de leitura
EmpresasNotícias

Minerva informa sobre incêndio em planta da Athena Foods no Paraguai

1 Minutos de leitura
EmpresasNotícias

CVM aceita acordo de R$ 340 mil com diretor do grupo Dimed para encerrar processo

1 Minutos de leitura
×
Aprenda a Investir

O que os esportes radicais têm em comum com os investimentos?