Economia com Você

IGP-M: o que é e para que serve o Índice Geral de Preços do Mercado?

3 Minutos de leitura

O IGP-M é um índice econômico muito importante que, além de afetar o seu custo de vida, pode impactar diretamente os seus investimentos.

Não conhecia esse termo? Fique tranquilo que neste artigo vamos explicar para quê serve o Índice Geral de Preços do Mercado. Continue lendo e aproveite!

Saiba o que é IGP-M

O IGP-M é considerado um indicador de preços divulgado todo mês. Ele é utilizado para medir a inflação, também conhecido como o aumento de preços. Podemos considerar que esse indicador é composto pela ponderação de 3 outros índices: IPA 60%, IPC 30% e INCC 10%. Quem é o responsável por calculá-lo é a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Este índice não costuma andar junto ao mercado, uma vez que é um índice geral de preços. Normalmente, o IGP-M influencia diretamente quem trabalha em indústrias, afetando sua produção pela oscilação do dólar. Outro ponto que precisa ser destacado quando falamos de IGP-M é sua diferença em relação ao IPCA, o índice de preços ao consumidor. Ele existe para determinar o consumo de famílias com renda entre 1-40 salários mínimos.

Agora, quando falamos de IGP-M, apenas 30% (IPC) do valor é composto por preços ao consumidor. Essa diferença é o que faz desse indicador um fator fundamental para a macroeconomia do país. Todo investidor deve considerá-lo para os seus investimentos de curto, médio e longo prazo.

Quando se realiza uma pesquisa voltada aos preços de itens do cotidiano como comida, transporte e roupas, elas servem para analisar a movimentação dos preços. Nesse cenário, quanto mais elevado o preço desses itens, mais o indicador sobe e vice-versa. Em casos de aumento desse índice, é possível confirmar que o dinheiro está valendo menos do que antes.

Saiba para que serve o IGP-M

Agora que você já sabe o que é IGP-M, que tal conferir para que serve esse indicador e como pode afetar seus investimentos? Vamos nessa?

De modo geral, podemos afirmar que o índice IGP-M é utilizado para medir a variação dos preços, atuando como uma espécie de informante em relação à inflação ou deflação. Vale destacar que ele oscila mais e tende a despontar mais rápido que o IPCA, tanto em movimentos de alta quanto de baixa.

Como dito acima, se esse valor cresce, o seu dinheiro passa a valer menos. Assim, como investidor, é importante analisar esse dado em conjunto com outros para poder prever os movimentos do mercado. Dentro do cenário de investimentos, o índice afeta diretamente aqueles que não contam com a proteção contra a desvalorização da moeda. Principalmente os de longo prazo. Por isso, é fundamental que você analise o IGP-M em conjunto com o IPCA, Selic e outros dados.

Para que fique mais fácil de entender, vamos analisar a situação em 2018. Naquela época, o indicador disparou em 1,38%. Considerando que o IGP-M costuma subir no máximo até 1% ao mês, essa foi uma situação atípica. Em 2018, ocorreu a greve dos caminhoneiros devido ao aumento dos combustíveis. Esta greve teve um efeito direto nos preços de alimentos e produtos que são transportados pelas estradas do país. Por isso, quando falamos de investimentos, é importante acompanhar não apenas os índices importantes como o IGP-M, mas também o cenário do Brasil como um todo.

Conheça a tabela IGP-M

Em 2017, o índice foi negativo. Isso se deve porque, na época, não tiveram aumentos significativos nos valores. Apesar do aquecimento da economia impactar diretamente nos preços, o IGP-M variava sempre em 0,5% ao mês. Já em 2018 ocorreu um salto, impactado pelo cenário político e social do Brasil naquele momento, e o índice chegou a bater 1,4%.

Confira as tabelas com as principais variações do IGPM:

Variações dos últimos 12 meses:

 

  IGP-M
JUL/20 9.27%
AGO/20 13.02%
SET/20 17.94%
OUT/20 20.93%
NOV/20 24.52%
DEZ/20 23.14%
JAN/21 25.71%
FEV/21 28.94%

IGPM em 2018:

 

Mês Valor Acumulado Ano Acumulado 12 meses
Mai/2018 1,38 3,4600 4,2700
Abr/2018 0,57 2,0500 1,8900
Mar/2018 0,64 1,4700 0,2000
Fev/2018 0,07 0,8300 -0,4200
Jan/2018 0,76 0,7600 -0,4100

IGPM Acumulado – 2017 e 2016

Índice de 2017 e comparativo com o ano seguinte:

Mês Valor Acumulado Ano Acumulado 12 meses
Dez/2017 0,89 -0,5300 -0,5300
Nov/2017 0,52 -1,4100 -0,8700
Out/2017 0,20 -1,9200 -1,4200
Set/2017 0,47 -2,1100 -1,4500
Ago/2017 0,10 -2,5700 -1,7200
Jul/2017 -0,72 -2,6700 -1,6700
Jun/2017 -0,67 -1,9600 -0,7800
Mai/2017 -0,93 -1,3000 1,5700
Abr/2017 -1,10 -0,3700 3,3600
Mar/2017 0,01 0,7300 4,8600
Fev/2017 0,08 0,7200 5,3800
Jan/2017 0,64 0,6400 6,6600

Conclusão

Agora que você já sabe o que é e como funciona o IGP-M, que tal começar a investir de forma segura e inteligente? A Valor Investimentos conta com os melhores profissionais para te auxiliar a dar início na vida de investidor. Vamos investir?

 

66 posts

Sobre o autor
Thiago Goulart é o Editor da Vai Investir e do podcast Valor de Mercado. Adora praticar tênis, ler, escutar música e estar na presença de amigos e família. Graduado em Letras pela UFES e em Jornalismo pela PUC-SP, está se tornando também especialista em finanças com o MBA no tema pela PUC- RS. Com uma longa carreira em sala de aula, desenvolveu a habilidade e sensibilidade para conectar pessoas a conhecimentos. Hoje, aplica essa experiência de maneira mais específica para o mercado financeiro, por quase 3 anos sendo o principal responsável pelo desenvolvimento e curadoria de conteúdo para a Valor Investimentos e Vai Investir.
Artigos
Posts relacionados
Economia com Você

Boletim Focus do Banco Central: descubra por que e como acompanhá-lo!

4 Minutos de leitura
Se você já investe no mercado financeiro deve saber que é importante, antes de realizar seus aportes, conhecer seu perfil de investidor…
Economia com VocêSelic

Relação entre Taxa Selic e Inflação (IPCA)

5 Minutos de leitura
Todos os dias, é possível ouvir nos noticiários sobre os índices e taxas percentuais que incidem na economia brasileira, como a Taxa…
Análise & OpiniãoEconomia com Você

Inflação? E eu com isso...

2 Minutos de leitura
Olá pessoal, tudo bem? Esse é o primeiro texto de uma série intitulada Economia com Você. O objetivo dos artigos que irão…

Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email: