Café com TradeAções

O que é tag along?

3 Minutos de leitura
O que e tag along O que é tag along?

Para proteger os investidores, existem diversos mecanismos de segurança no mercado financeiro tanto na renda fixa, quanto na renda variável. Um deles é o tag along.

Com ele, os acionistas minoritários podem se sentir mais seguros em relação à venda de suas ações no caso de troca de controle de uma companhia. Assim, o mecanismo ajuda a proteger seu portfólio de investimentos no mercado acionário — e, por isso, vale a pena conhecê-lo.

Quer saber mais sobre o assunto? Então confira a seguir o que é tag along, como funciona e em quais situações ele se faz presente!

O que é tag along?

O tag along é um sistema de proteção que dá aos acionistas minoritários de uma empresa o direito de ter suas ações compradas por condições próximas às dos acionistas majoritários. Isso acontece quando a empresa troca de grupo controlador.

Nesse caso, o novo grupo de controle precisa comprar as ações por, no mínimo, 80% do valor que ofereceu ao majoritário. Entretanto, não são todas as ações respaldadas por esse mecanismo de proteção.

Esse direito é obrigatório apenas para os acionistas que possuem ações ordinárias (ON). Essas ações também dão direito a voto nas assembleias. Em contrapartida, não oferecem a preferência em recebimentos, como pagamento de dividendos (como acontece nas ações preferenciais).

Qual a importância da tag along?

Após entender o que é tag along, é interessante saber qual a sua importância. Quando o controle de uma empresa se altera, é comum que os acionistas se sintam inseguros em relação ao futuro da companhia, especialmente se não concordarem com a nova gestão.

Ao mesmo tempo, nesse momento o preço dos papéis pode passar por volatilidade na bolsa. Afinal, torna-se mais difícil precificar a ação diante de mudanças tão relevantes. Logo, os investidores poderiam enfrentar uma queda no preço e desvalorização em caso de venda.

Assim, o tag along dá mais segurança ao investidor minoritário que decidir não continuar como sócio da empresa. Ele garante o direito de vender a sua parte para o novo acionista majoritário e conseguir capitalizar suas ações em condições semelhantes aos antigos sócios.

Como identificar o tag along em uma ação?

Como você viu, o tag along é obrigatório em ações ON. Seu percentual mínimo é de 80%, mas algumas empresas podem aumentá-lo. Além disso, existem companhias que estendem o direito às ações PN.

E há três maneiras principais de saber qual é tag along de uma ação. Uma delas é buscar por essa informação em sites especializados em análises fundamentalistas. Outra é fazer uma consulta diretamente no site da B3 (bolsa brasileira).

Para tanto, basta ir até a seção das empresas listadas na bolsa e descobrir o seu segmento de listagem. Lá, é possível checar a tabela de tag along por segmento. Por fim, é possível buscar o dado no site de relação com os investidores da empresa de seu interesse.

Quando utilizar tag along como proteção?

Agora você sabe o que é o tag along. Mas, quando utilizar essa proteção? A principal situação é quando a mudança na direção distancia a empresa dos fundamentos que levaram você a adquirir as ações. Assim, a companhia pode não se encaixar mais na sua estratégia.

Caso isso não aconteça, pode fazer sentido continuar como sócio da empresa. Contudo, não deixe de fazer uma análise e avaliar se o novo controlador pode trazer bons resultados no longo prazo.

Neste artigo, foi possível entender o que é tag along, como ele funciona e qual a sua importância para os investidores minoritários. Se você pretende adquirir ações ou já investe no mercado acionário, deve estar atento a esse detalhe!

Gostou do assunto? Não deixe de complementar a leitura e conheça os principais tipos de análise em ações!